Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Museu Municipal

O Museu Municipal de Palmela iniciou a sua atividade em finais dos anos 80 do século XX, como uma estrutura polinucleada, de funcionamento permanente e sem fins lucrativos, tendo como missão preservar o património cultural do território administrado pelo município de Palmela.

Integrando acervos representativos da memória de cada uma das freguesias do concelho, visa-se potenciar uma leitura da sua diversidade através de exposições e publicações, em espaços expositivos programados – temporários e/ou permanentes -, de progressiva instalação. O programa museológico municipal (em revisão), o curriculum do museu e a agenda anual permitem ter uma ideia global da atividade desenvolvida e dos projetos em curso.

O museu privilegia a preservação in situ de coleções e edifícios, a incorporação de espólios etnográficos e oficinais que espelhem a cultura local, e a integração no Museu, a título de depósito, dação ou doação, de outras coleções ou objetos significativos para a memória local.O acervo móvel atual é constituído por peças arqueológicas, resultantes dos trabalhos de prospeção e escavação desenvolvidos no concelho desde 1988, por várias coleções etnográficas, que espelham a diversidade do património do concelho - de que são exemplo as coleções «Oficina do Ferreiro Faria», «Casa Caramela», «Património vitivinícola» e «Centro Histórico de Palmela» -, e por uma coleção de Arte Contemporânea.

O estabelecimento de parcerias com o Museu Nacional de Arte Antiga e com o Museu da Arma de Transmissões Militares - Exército Português permitiu a abertura ao público, no Núcleo do Castelo, de 2 espaços: a Reserva Visitável de Escultura S. Tiago e o espaço de Transmissões Militares.

Por todo o concelho, tem sido recolhido acervo, de que são exemplo as coleções “Casa Caramela”, “Salão Mimi” e “Oficina do Ferreiro Faria”; esta última resultou de uma ação conjugada dos proprietários da mesma, da Junta de Freguesia de Pinhal Novo e da Câmara Municipal/Museu Municipal, e garantiu a salvaguarda de um vasto acervo oficinal.

Foi celebrado um protocolo com o Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, que visa o depósito, no Museu Municipal de Palmela, do acervo entomológico, laboratorial e documental do antigo Instituto de Malariologia, sediado em Águas de Moura, constituindo-se como uma extensão museológica.

O Museu tem uma programação regular, organiza-se em núcleos e extensões museológicas, gere a Igreja de Santiago – Castelo de Palmela e as reservas museológicas, publica o boletim +museu e, mensalmente, o + noticias museu, promove a Educação Patrimonial através do Serviço Educativo - cujas atividades são atualizadas anualmente -, edita catálogos relativos às coleções das exposições permanentes, temporárias e das reservas, edita ou apoia a edição de publicações que versam sobre o património local e regional, e conta com a participação de alguns Amigos e Voluntários. 

 

Município de Palmela © 2015 | Todos os direitos reservados