Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Alto da Queimada

O sítio rural islâmico do Alto da Queimada, que identificamos como uma alcaria, situa-se na crista da Serra do Louro e foi intervencionado arqueologicamente, entre 1996 e 2005, no âmbito do projeto de investigação «Muçulmanos e Cristãos na península da Arrábida: o castelo de Palmela e a ruralidade envolvente».


As escavações arqueológicas realizadas neste povoado rural, documentam uma ocupação desde os períodos romano e pré-islâmico, reconhecendo-se uma continuidade de povoamento atribuível à grande fertilidade da região e às boas condições de localização e defesa.

A população campesina que, em época islâmica, estruturou e habitou a alcaria desde a fase emiral até inícios do séc. XI mantinha inegáveis ligações fiscais e culturais ao hisn(castelo) de Palmela.

A alcaria organiza-se segundo um conjunto de habitações retangulares, de aparelho grosseiro, em pedra, associado a paredes talhadas na rocha local e a coberturas de materiais perecíveis. Definem-se espaços com funções ligadas ao quotidiano agro-pastoril, nomeadamente áreas de armazenamento, mas também outros, de cariz religioso.

 As marcas de uma economia predominantemente agrícola evidenciam-se na recolha de instrumentos e utensílios vários mas também se documentam outras atividades, como a pesca, justificada pela proximidade do estuário do Sado.

Município de Palmela © 2015 | Todos os direitos reservados