Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Pelourinho

Situado no Largo Duque de Palmela, muito próximo dos Paços do Concelho e junto à Igreja da Misericórdia, o Pelourinho constitui um importante símbolo do antigo poder judicial no espaço urbano e da autonomia municipal.

Datado de 1645 foi construído em pedra calcária (lioz), sendo constituído por uma plataforma de dois degraus de base octogonal; o fuste é cilíndrico e liso, o capitel encontra-se decorado com folhas de acanto e dele saem quatro ganchos de ferro, que terminam em formas zoomórficas.

O remate é constituído por um elemento quadrangular, contendo a inscrição 1645, sobre o qual se encontram as armas reais (escudo e coroa), encimadas por uma cruz em ferro.

No séc. XIX, talvez após a extinção do Concelho ocorrida em 1855, o Pelourinho foi apeado. A população reergueu-o em 1907, provavelmente como demonstração da luta desenvolvida pela Restauração do Concelho, que viria a acontecer em 1926.

Por Decreto-Lei de 16/06/1910 foi classificado como Monumento Nacional.

O tempo corroeu a pedra e o ferro mas, em 2001, a Câmara Municipal devolveu-lhe a dignidade através de uma intervenção de restauro.

Município de Palmela © 2015 | Todos os direitos reservados