Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Busto de António Antunes de Matos Fortuna

António Antunes de Matos Fortuna (1930-2008)

António Antunes de Matos Fortuna (Jornalista, Professor, Historiador Local) ( † Quinta do Anjo 09.03.2008)

Nascido a 31.12.1930 em Quinta do Anjo, António Antunes de Matos Fortuna tinha o prazer de ser autodenominar montanhão (da encosta da serra) e o talento de encadear narrativas umas nas outras com uma naturalidade surpreendente. Amante da sua terra, deixa-nos não só o seu trabalho, registado em obras essenciais ao conhecimento da nossa História Regional e Local, mas também a memória do seu saber, vivacidade, perseverança e humildade.

O seu percurso de vida, sempre marcado pelo estudo, o ensino e a escrita, colocam-no sempre em posição de participação e intervenção na comunidade.

Autoria da escultora Maria José Brito - 2008

Após o percurso escolar feito em Setúbal, na Escola João Vaz, nos anos 50 encontramo-lo a trabalhar na Câmara Municipal de Setúbal como fiscal de impostos; no Sanatório do Outão; na Casa de Pessoal da “SACOR e como revisor na editora “Logos”. Em 1953, é um dos membros da tertúlia literária "Arcádia da Fonte do Anjo", com o pseudónimo Louro da Serra; à qual pertencem também Cabral Adão, médico e escritor, a poetisa Maria Helena Soares Horta e Maria Adelaide Rosado Pinto, mestre de música. Com página regular no jornal O Setubalense, divulgam poesia pretendendo incentivar o gosto pela sua produção e leitura.

Em 1968-69 frequenta o primeiro Curso de Jornalismo realizado em Portugal, da responsabilidade do Sindicato Nacional de Jornalistas, encetando uma vasta colaboração em periódicos regionais e nacionais.

Em 1976 licencia-se em História na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, iniciando no ano seguinte a sua carreira docente na Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos de Palmela, na qual se aposenta em Setembro de 2000. Também nos anos 70, desenvolve trabalhos de investigação e escrita sobre a História local. Comunicações e colaborações diversas, investigação sobre várias áreas da cultura e história locais, dão expressão a esse trabalho publicado, na maior parte, pela Câmara Municipal, pelo Grupo dos Amigos do Concelho de Palmela, pela Misericórdia e pela Paróquia palmelenses.

Assessor cultural da Câmara Municipal de Palmela de 1982 até 2007, considerava o programa de Comemorações do 8º Centenário do Foral de Palmela (1985), a sua principal atividade. Este evento marcará o início da atividade cultural do Município, constituindo, ainda hoje, uma referência na História Local e Nacional e uma memória feliz para muitos munícipes.

Com envolvimento comunitário convicto e assíduo é Membro da Associação Portuguesa dos Amigos dos Castelos, responsável pelo sector cultural da Santa Casa da Misericórdia de Palmela; sócio fundador do Grupo dos Amigos do Concelho de Palmela; sócio fundador da Ordem Enófila de Sant’Iago; dirigente da Assembleia Geral da Sociedade de Instrução Musical de Quinta do Anjo, durante 2 décadas; membro da Ação Católica Rural, durante 15 anos e organizador de passeios culturais destinados a mostrar o património do país às gentes da região.

Devido ao seu trabalho, dedicação e mérito em 1986 é galardoado com a medalha do concelho de Palmela, pela atividade desenvolvida nas comemorações do 8º Centenário do foral de Palmela; em 1991 eleito personalidade do ano pela comunicação social do distrito de Setúbal; em 1995 homenageado por um elevado número de personalidades e entidades e em 2000 homenageado com Professor aposentado do concelho.

Nos últimos anos, a paixão pelo muito que ainda se encontra por fazer, o entusiasmo pela descoberta e a alegria da partilha é travada pelo cansaço. A memória, indiferente à força que ainda se encontra no peito e nos braços, vai partindo levando consigo o que numa vida se aprendeu e ensinou, deixando adormecidos documentos, estudos e sonhos.

Deixa-nos a obra e o exemplo, sempre Professor António de Matos Fortuna.
  • Memórias Paroquiais de 1758 (prólogo, seleção e anotações), Col. "Monografia de Palmela, vol.1”, Palmela: Grupo dos Amigos do Concelho de Palmela, 1982

  • "O Castelo de Palmela - Charneira dos Sete Castelos da Região dos Três Castelos" e "A Exploração Didáctica de Velhos Monumentos - Um Exemplo Concreto: O Castelo de Palmela" in Livro do Congresso - Primeiro Congresso Sobre Monumentos Militares Portugueses realizado em 1982, Lisboa: Património XXI - Associação Portuguesa para a Protecção e Desenvolvimento da Cultura, 1982, pp. 34-38 e 39-43

  • Alguém que "Agarrou" o Evangelho - Evocando Carmita Fortuna, Quinta do Anjo: Comunidade Cristã de Quinta do Anjo, 1983

  • Reflexões sobre a História Social de Palmela, Palmela/ Ed. policopiada, 1984

  • Armaria antiga em Palmela. Catálogo de exposição, em colaboração com Rainer Daehnhardt, no âmbito do 8º Centenário doForal de Palmela, 1985

  • Aspectos da Linguagem Popular de Palmela, Palmela: Direcção-Geral de Apoio e Extensão Educativa / Coordenação Concelhia de Palmela, 1987

  • "Digressões à Volta do Nome de Palmela" in História de Palmela ou Palmela na História - Jornadas de Divulgação e Análise do Passado de Palmela realizadas em 1987, Col. "Estudos Locais, nº 1” Palmela: Câmara Municipal, 1988, pp. 37-49

  • "Recordando Três Páginas da História Esquecida do Castelo de Palmela". O Castelo de Palmela - Emissão de Selo, Lisboa: Correios e Telecomunicações de Portugal, 1988, pp. 5-8

  • Quinta do Anjo - Capital da "Ovelharia" Entre Tejo e Sado, Palmela: Câmara Municipal, 1988

  • Contava-se em Terras de Palmela...- As Lendas Perdidas do Concelho de Palmela. Col. "Estudos Locais nº 2”, Palmela: Câmara Municipal, 1989

  • "O Castelo de Palmela" in A Ordem de Sant'Iago - História e Arte. Catálogo da Exposição, Palmela: Câmara Municipal, 1990, pp. 41-46

  • Da Uva Por Nascer ao Vinho Pronto a Beber . Catálogo da Exposição - Vindimas 90. Palmela: Câmara Municipal, 1990

  • Misericórdia de Palmela - Vida e Factos, Palmela: Santa Casa da Misericórdia de Palmela, 1990

  • "Um Inventário da Ordem de Sant'Iago ou Caderno de Problemas de Múltiplas Incógnitas". As Ordens Militares em Portugal - Actas do 1º Encontro sobre Ordens Militares realizado em 1989, Col. "Estudos Locais, nº 3”, Palmela: Câmara Municipal, 1991, pp. 131-139

  • A Igreja de S.Pedro de Palmela, Palmela: Igreja Paroquial de S.Pedro, 1991

  • "História Vitivinícola da Península de Setúbal - Breves Apontamentos".Vinhos da Costa Azul, Setúbal: Região de Turismo da Costa Azul, 1992

  • Chafariz D.Maria I - Bicentenário - 1792 / 1992, Palmela/ Ed. policopiada, 1992

  • Priores-Mores do Real Convento Provedores da Santa Casa da Misericórdia de Palmela, Palmela: Santa Casa da Misericórdia de Palmela, 1994

  • Roteiro do Cortejo Evocativo "Portugal e o Vinho", Palmela: Festa das Vindimas, 1994

  • Quando se Levantou o Chafariz - Reinado de D.Maria I. Col. "Monografia de Palmela vol. 2, Palmela: Grupo dos Amigos do Concelho de Palmela, 1994

  • Extinção e Restauração do Concelho - Um Combate Singularmente Duro, Col. "Monografia de Palmela, nº 3”, Palmela: Grupo dos Amigos do Concelho de Palmela, 1995

  • Ordem Enófila de Sant'Iago - Primeiras Parras - Volume-Arquivo de Documentos Iniciais, Palmela: Ordem Enófila de Sant'Iago, 1996

  • "A Riqueza Fundiária da Ordem de Sant'Iago no Distrito de Setúbal em 1834", in As Ordens Militares em Portugal e no Sul da Europa - Actas do II Encontro sobre Ordens Militares realizado em 1992, Col. "Actas & Colóquios" nº10, Lisboa/Palmela: Edições Colibri / Câmara Municipal de Palmela, 1997, pp. 231-268

  • Memórias da Agricultura e Ruralidade do Concelho de Palmela, Palmela: Câmara Municipal, 1997

  • "A Ordem de Sant'Iago - Perspectivas Vitivinícolas Ontem e Hoje" in Ordens Militares - Guerra, Religião, Poder e Cultura - Actas do III Encontro Sobre Ordens Militares realizado em 1998, Vol. 1, Col. "Actas & Colóquios, nº 17", Lisboa/Palmela: Edições Colibri / Câmara Municipal de Palmela, 1999, pp. 185-192

  • "Jogo do Pau" in Actas da 1ª Eira Folclórica da Região Caramela realizada em 1999, Pinhal Novo: Rancho Folclórico da Casa do Povo de Pinhal Novo, 2000, pp. 27-32

  • 8.º Centenário do Foral de Palmela – Memorial das Comemorações, Palmela: Grupo dos Amigos do Concelho de Palmela, 2001

  • Palmela – Sobre Todas, Mais Alta e Formosa, Lisboa: Elo, 2001

  • Co-autoria com GARCIA, Vasco Penha e HOMEM-CARDOSO, António - Os Vinhos da Península de Setúbal. Col. “Enciclopédia dos Vinhos de Portugal, nº 7”, Lisboa: Chaves Ferreira, 2001

  • Marateca Que Já Foi, Col. “Estudos Locais, nº 5”, Palmela: Câmara Municipal, 2002

  • “Um Castelo em Sucessiva Destruição e Reconstrução” in Actas do III Congresso “Monumentos Militares Portugueses realizado em Junho de 1985, Lisboa: Associação Portuguesa dos Amigos dos Castelos, 2002, pp. 69-77

  • Roteiro do Cortejo Evocativo “Portugal Vinícola” – Festa das Vindimas – 2002. Palmela: Comissão da Festa das Vindimas, 2002

  • Um Distrito sob o Signo do Futebol, Setúbal: Associação de Futebol de Setúbal, 2002

  • Outros Tempos, Col. “Monografia de Palmela, nº 4”, Palmela: Grupo dos Amigos do Concelho de Palmela, 2002

  • Quinta do Anjo – Terra singular. Col. “Estudos Locais, nº 6”, Palmela: Câmara Municipal, 2005

Município de Palmela © 2015 | Todos os direitos reservados