Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

“Janela da Arrábida Palmela”: Município apresenta novo projeto para Espaço Fortuna

Apresentacao 1 1024 2500
2019/03/25

Conhecer, observar, passear e sentir os aromas da Arrábida em simbiose com o património natural envolvente é o convite associado à Janela da Arrábida - Palmela, o projeto que foi apresentado no passado dia 22 de março, em conferência de imprensa no Espaço Fortuna, e que visa a criação de um Centro de Interpretação da Arrábida neste espaço integrado na freguesia de Quinta do Anjo.

“Depois de muito trabalho, finalmente temos o projeto pronto. Depois de muitas negociações com entidades externas e de muita concertação, necessária nestas questões do planeamento do território, finalmente chegou a altura de falarmos sobre este projeto, já anunciado quando o candidatámos ao Pacto da AML, e que se chama Prarrábida – Janela da Arrábida Palmela”, começou por referir o Presidente da Câmara Municipal de Palmela, Álvaro Balseiro Amaro, destacando ainda a intermunicipalidade deste projeto que, “a par com os projetos Hub10 e CicloP7”, está a ser desenvolvido pelos Municípios de Palmela, Sesimbra e Setúbal.

Para além destes parceiros, e tendo como promotor o Município de Palmela, a Janela da Arrábida – Palmela conta ainda com outros parceiros estratégicos como o ICNF, a AMRS, a ERTL e a ADREPES.

Dar mais visibilidade ao património natural Arrábida, com destaque para as especificações locais de cada território, é o intuito desta intervenção que vai permitir transformar este espaço numa área multifuncional que, com recurso a diferentes abordagens multidisciplinares, uma forte componente de interpretação audiovisual e diferentes utilizações do espaço, vai privilegiar a relação entre a cultura, a natureza, a memória e os sentidos da Arrábida.

A oferta de serviços já existentes, como a cafetaria, restauração, loja de produtos regionais, olaria, será valorizada com a criação de uma área de merendas, com introdução de elementos naturais e de jogos tradicionais no solo para o público infantil, uma pequena zona destinada ao caravanismo, aluguer de bicicletas, identificação de percursos pedestres e equestres, a criação de um jardim sensorial, de zonas de identificação da fauna e flora locais e da Alameda do Pomar, com plantação de árvores de fruto como ginjeiras, macieiras riscadinhas e pereiras.

Ao passearem na “Janela da Arrábida – Palmela” os visitantes podem, assim, esperar uma autêntica viagem em contexto natureza que estimula os sentidos através das cores, texturas e sabores da Arrábida.

Quanto a espaços interiores, o espaço será reorganizado com vista a potenciar a sua funcionalidade: na olaria será concretizada uma intervenção de fundo do ponto de vista estrutural com o intuito de melhorar as atuais condições de trabalho e serão colocados um telheiro e painéis fotovoltaicos, que permitirão uma poupança energética e a Casa dos Artistas será igualmente intervencionada e relocalizada.

A conferência de imprensa decorreu naquele que será o Salão da Arrábida, um espaço que, musealizado, será congregador de um espólio representativo da história da Arrábida, da geologia, fauna e flora locais e que será combinado com acervo expositivo do património cultural local, quer material, quer imaterial. Para potenciar o conhecimento desta riqueza patrimonial, haverá uma maleta pedagógica associada destinada ao público escolar.

Dada a importância ecológica deste espaço foi, para o Município de Palmela, um desafio projetar a intervenção nesta área procurando-se, por isso, a reabilitação recorrendo à reutilização e reciclagem de materiais.

Por outro lado, a inclusão do espaço foi também uma preocupação permanente estando, por isso, acautelada a utilização de pavimento adequado à circulação pedonal e a criação de rampas para que todas as instalações sejam acessíveis à população em geral.
Por questões de segurança, a entrada principal será relocalizada, visto que a atual entrada situa-se numa curva da EN379, e a zona de estacionamento será mais diversificada permitindo o estacionamento de autocaravanas, autocarros, automóveis ligeiros e três lugares reservados para pessoas com mobilidade condicionada.

Com projeto aprovado, a Câmara Municipal de Palmela prevê a adjudicação da empreitada ainda no segundo semestre do presente ano. Traduzindo-se num investimento de 620mil euros, o “Prarrábida – Janela da Arrábida Palmela” é um projeto cofinanciado pelo PORLisboa / PDCT-AML.

Município de Palmela © 2015 | Todos os direitos reservados