Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Próxima concessão da AML: + transporte rodoviário para o concelho de Palmela

1400x550 1 1024 2500
2020/02/24

A Área Metropolitana de Lisboa apresentou, a 18 de fevereiro, no Centro Cultural de Belém, o concurso internacional para o serviço público de transporte de passageiros na área metropolitana de Lisboa, que prevê um aumento de 40% na oferta de serviços.

Resultado do trabalho desenvolvido pela AML e os seus 18 Municípios, esta futura concessão de transporte rodoviário de passageiros vai aumentar a circulação de transportes e criar novos circuitos, dando resposta as múltiplas necessidades dos passageiros e melhorando, significativamente, a qualidade do serviço público prestado.

Palmela integra o lote sudeste, dos 4 lotes a concurso para todo o território da área metropolitana de Lisboa. O concelho ficará dotado de mais transporte rodoviário em horários alargados (incluindo horários noturnos e fins de semana) e de mais ligações urbanas, que vão garantir a circulação entre concelhos e as conexões intermodais.

O aumento das ligações internas, especialmente nas zonas rurais desprovidas deste serviço, é também uma melhoria significativa e que está contemplada na próxima concessão.

Na freguesia de Quinta do Anjo, por exemplo, as novas ligações vão abranger a ligação dos Bairros Alentejano, dos Marinheiros e Assunção Piedade à sede de freguesia e a Palmela, estando igualmente previstas as ligações entre a zona das Marquesas e a sede do concelho e o itinerário entre Quinta do Anjo a Olhos de Água e Pinhal Novo. Na zona nascente, o concurso inclui ligações entre Águas de Moura e Poceirão, até agora inexistentes, e mais lugares servidos. E na zona rural central serão criadas ou reforçadas ligações ente vários lugares e Pinhal Novo, podendo, aí, fazer transbordos para outros destinos dentro e fora do concelho.

Estas melhorias vão resolver muitos dos constrangimentos identificados no território em matéria de mobilidade, indo ao encontro das inúmeras reivindicações apresentadas pelo Município de Palmela e pelas Juntas de Freguesia que sempre pugnaram por mais oferta e melhores condições no serviço de transporte público rodoviário.

A mobilidade de pessoas em transportes públicos tem sido uma prioridade constante para o Município de Palmela que, recentemente, investiu cerca de 1,3 milhões de euros para a implementação do Navegante, o passe único da rede de transportes públicos da Área Metropolitana de Lisboa (AML).

Apesar deste investimento, o Município de Palmela defende o financiamento deste sistema através de receitas próprias da Administração Central, sendo estas fundamentais para que aconteça uma verdadeira transição energética.

Paralelamente, a Autarquia considera que estas melhorias no transporte rodoviário devem ser acompanhadas por mais investimento na ferrovia, de modo a garantir uma mobilidade eficiente e intermodal.

Neste âmbito, têm sido reivindicações municipais a reativação do apeadeiro da Lagoa da Palha, a paragem de mais comboios em Poceirão e novos investimentos na linha do Sado, incluindo a estação de manobras de Pinhal Novo.

Município de Palmela © 2015 | Todos os direitos reservados