Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Jornadas Internacionais “Amanhar a Terra”: envio de propostas

Amanhaterra 1 1024 2500
2020/09/07

Até 20 de setembro, está a decorrer o período de envio de propostas para comunicações e posters, para as Jornadas Internacionais “Amanhar a Terra - Arqueologia da Agricultura (do Neolítico ao Período Medieval)”, que vão decorrer de 3 a 6 de dezembro, no Cineteatro S. João, em Palmela.

As/os interessadas/os devem preencher o formulário disponível aqui e enviá-lo para o endereço de e-mail jornadasamanharaterra@gmail.com. As propostas serão sujeitas a aprovação pela Comissão Científica e as inscrições nas Jornadas são gratuitas para autoras/es com comunicações ou posters.

As Jornadas são organizadas pela Câmara Municipal de Palmela, através do Museu Municipal, e contam com o apoio do CIDEHUS - Centro Interdisciplinar de História, Culturas e Sociedades da Universidade de Évora e da FCT - Fundação para a Ciência e a Tecnologia.

O sustento do Homem está ligado à terra, à água e aos produtos que proporcionam. Essas produções e a sua gestão foram a base que definiu a organização das pessoas e dos territórios desde o Neolítico. O Homem não mais parou de procurar formas de a fazer produzir mais e melhor, criando instrumentos para a trabalhar, pesquisando e aperfeiçoando técnicas de cultivo e de uso da água, domesticando animais para sua serventia e acumulando saberes, que passou de geração em geração. As materialidades da agricultura, essencialmente, de proveniência arqueológica, mas também as suas dimensões económica, social e cultural, do Neolítico ao Período Medieval, são os principais propósitos destas Jornadas.

Os trabalhos vão estar organizados em sete sessões temáticas: “Organizar e gerir o território agrícola”, “A água que a terra precisa: captação, distribuição e gestão”, “Cultivar, colher, conservar: materialidades e tecnologias”, “Transformar e consumir os produtos da terra”, “Domesticação das espécies vegetais e animais”, “Espaços de vida e morte das comunidades campesinas” e “Representações e simbolismo”.

As Jornadas vão realizar-se assegurando as condições de distanciamento e segurança recomendadas pelas autoridades de saúde. A organização poderá ter que alterar a data de realização por eventual imperativo decorrente da pandemia.

Apresentação

Comissão Científica

Carlos Fabião (Faculdade de Letras - Universidade de Lisboa/Uniarq)
Carlos Tavares da Silva (Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal)
Catarina Tente (Faculdade de Ciências Sociais e Humanas - Universidade Nova de Lisboa)
Helena Catarino (Faculdade de Letras - Universidade de Coimbra)
Isabel Cristina Fernandes (Museu Municipal de Palmela)
João Luís Cardoso (Universidade Aberta)
João Pedro Tereso (InBIO/CIBIO - Universidade do Porto/Uniarq)
Jorge Raposo (Centro de Arquelogia de Almada)
Maria João Valente (Universidade do Algarve)
Maria de Jesus Sanches (Universidade do Porto)
Michelle Teixeira Santos (Museu Municipal de Palmela)
Miguel Correia (Museu Municipal de Palmela)
Raquel Vilaça (Faculdade de Letras - Universidade de Coimbra)
Susana Gómez (Universidade de Évora e Campo Arqueológico de Mértola)
Victor S. Gonçalves (Faculdade de Letras - Universidade de Lisboa/Uniarq)

Município de Palmela © 2015 | Todos os direitos reservados