Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Melhor Moscatel do Mundo é de Quinta do Anjo: Adegas do Concelho de Palmela dominam “Muscats du Monde 2020”

Vinhos premiados   venancio da costa lima 1 1024 2500
2020/08/06

A Venâncio da Costa Lima conquistou, pela terceira vez, o título de Melhor Moscatel do Mundo, ao vencer a edição 2020 do concurso internacional “Muscats du Monde”. Além do primeiro lugar atribuído ao “Moscatel Roxo de Setúbal DOC - Venâncio da Costa Lima Reserva de Família 2016”, a adega centenária de Quinta do Anjo trouxe mais uma medalha de ouro e três de prata do certame, realizado em França.
Também a Adega Cooperativa de Palmela (medalha de ouro), a Casa Ermelinda Freitas (medalha de ouro e duas de prata) e a Camolas & Matos (duas medalhas de prata) foram premiadas no concurso, somando o Concelho de Palmela 11 das 16 medalhas atribuídas a Portugal, que teve presença destacada.
O Município de Palmela saudou a Venâncio da Costa Lima por este importante reconhecimento internacional, e de forma geral, todas as adegas participantes, que continuam a contribuir, com o seu trabalho, dinamismo e qualidade, para a divulgação dos vinhos produzidos no Concelho e para a notoriedade do território.
Abaixo, transcreve-se o texto integral da saudação:

«Saudação
(Venâncio da Costa Lima)

A adega Venâncio da Costa Lima, de Quinta do Anjo, Concelho de Palmela, conquistou a distinção de Melhor Moscatel do Mundo com o seu “Moscatel Roxo de Setúbal DOC - Venâncio da Costa Lima Reserva de Família 2016”, no concurso internacional Muscats du Monde.
É de realçar que a empresa obteve, também, este título em 2011 e 2017, o que sublinha bem a consistência do excelente trabalho que vem sendo desenvolvido pela empresa.
A 20.ª edição do certame, que decorreu a 22 e 23 de julho, em Frontignan-la-Peyrade, França, colocou em evidência a qualidade superior dos Moscatéis produzidos no Concelho de Palmela, sendo as quatro posições portuguesas no Top 10 ocupadas pelas nossas adegas: duas pela Venâncio da Costa Lima, uma pela Adega de Palmela e outra pela Casa Ermelinda Freitas. A adega centenária de Quinta do Anjo conquistou, ainda, três medalhas de prata, cabendo as restantes à Casa Ermelinda Freitas (duas) e à Camolas & Matos (duas).
Portugal foi o país com mais medalhas de ouro e mais presenças no Top 10, e das 16 medalhas conquistadas pelo país, 11 couberam ao Concelho de Palmela, honrando a tradição vitivinícola da região e a qualidade ímpar dos moscatéis aqui produzidos.
No total, o concurso contou com a participação de 158 moscatéis, provenientes de 16 países, tendo sido atribuídas 52 medalhas (21 de ouro e 31 de prata).
A Câmara Municipal de Palmela saúda a Venâncio da Costa Lima e a sua equipa por este excelente resultado, que reforça a sua posição de liderança no mundo dos moscatéis e muito valoriza o Concelho de Palmela e a região. Saúda, igualmente, todas as adegas do Concelho que participaram no certame, pelas importantes conquistas, que reafirmam Palmela como o principal território português produtor de Moscatel de Setúbal.»

Município de Palmela © 2015 | Todos os direitos reservados