Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Outras fontes de financiamento

  • Mercados de Produtores Locais do Concelho de Palmela 

    MercadosA operação “Mercados de Produtores locais do concelho de Palmela” consiste na requalificação e dinamização dos três mercados locais de produtores (Quinta do Anjo, Pinhal Novo e Palmela), através da modernização do edifício do Mercado da Quinta do Anjo, colocação de ensombramento no Mercado de Produtores do Pinhal Novo, aquisição de bancas de venda para produtores locais nos três Mercados, conceção de um Plano de Comercialização e realização de ações e materiais de promoção conjunta.

    Fortemente empenhado na produção local de qualidade, nomeadamente de produtos autóctones e de especialidades locais (como por exemplo a maçã riscadinha, os queijos de ovelha, a uva D. Maria, o figo Moscatel) e outras produções de referência (como por exemplo os morangos de Cabanas), o Município procura através desta ação promover o contacto direto entre o produtor e o consumidor, permitindo desta forma um escoamento permanente da produção local sazonal, com menos desperdício e uma melhor dieta alimentar, promovendo destra feita a saúde e o bem-estar.

    Embora o contacto direto entre o produtor e o consumidor já subsista, dado que a intervenção assenta sobretudo na requalificação, adaptação e modernização de três mercados em funcionamento, a candidatura irá contribuir para estreitar e fortalecer essa relação, a partir da criação de melhores condições de utilização e animação dos espaços, possibilitando o reforço das relações de solidariedade e subsidiariedade locais.

    A candidatura “Mercados de Produtores locais do concelho de Palmela” apresentada no quadro do PORTUGAL2020 e submetida pelo Município ao DLBC GAL ADREPES Rural, através da Medida LEADER - 10.2.1.4. Cadeias curtas e Mercados Locais, foi aprovada pelo PDR2020, em notificação do dia 14 de março de 2019, com um investimento global elegível de 172.038,91€ e um cofinanciamento de 50% (86.019,46€).

    Apoios_MercadosProdutores

  • Reforço e atualização do Wi-fi do Centro Histórico de Palmela e Serra do Louro

     

    Promos (1)

     

    A operação “Reforço e atualização do Wi-fi do Centro Histórico de Palmela e Serra do Louro”, submetida à Linha de Apoio à Disponibilização de Redes Wi-Fi do Turismo de Portugal, I.P., tem como objetivo geral a melhoria e o alargamento da rede wireless, garantido um serviço de qualidade para um maior número de utilizadoras/es.

    Previu-se o reforço e a atualização do Wi-Fi do Centro Histórico de Palmela, incluindo a ampliação do sinal na zona do Castelo, e o seu alargamento à Serra Louro.

    Numa lógica de turismo acessível, o Município pretende garantir a utilização destas redes a quem visita o concelho, para que, através do seu smartphone, o visitante possa ter acesso a um conjunto de informação de natureza turística, ligada ao património cultural e natural.

    A operação “Reforço e atualização do Wi-fi do Centro Histórico de Palmela e Serra do Louro”, apresentada ao Turismo de Portugal, linha de financiamento “Valorizar – Programa de Apoio à Valorização e Qualificação do Destino - Linha de Apoio a Projetos WI-FI em Centros Históricos” foi candidatada em 22-12-2017 e aprovada em 10-08-2018, teve um investimento de 32.041,96 euros, a que corresponde um cofinanciamento de 90%, ou seja, 28.837,76 € mil euros. A sua implementação decorreu entre dezembro de 2017 e maio de 2019.

     

    RepublicaPortuguesa  Turismo_Portugal

  • Regularização da Ribeira da Salgueirinha- Troço de Pinhal Novo

    Esta operação tem como finalidade regular o troço de Pinhal Novo da Ribeira da Salgueirinha, que está compreendida entre a zona de confluência da Ribeira do Alecrim (sul) e a Barragem da Brejoeira (norte), de modo a atenuar o problema das inundações na Vila do Pinhal Novo e, por conseguinte, na restante bacia hidrográfica, em particular nas freguesias da Quinta do Anjo e de Palmela. Deste modo, a intervenção em causa irá contribuir para reduzir o risco de inundações, para qualificar a paisagem (conciliando as dimensões ambiental, rural e urbana), para melhorar a qualidade de vida das populações e para promover o desenvolvimento socioeconómico local.
    A operação Regularização da Ribeira da Salgueirinha- Troço de Pinhal Novo, tem a duração de 33 meses (com data de início em fevereiro de 2015 e data de fim em outubro de 2017), foi candidatada ao Fundo de Proteção de Recursos Hídricos, gerido pela Agência Portuguesa do Ambiente, na tipologia de “Projetos que contribuam para o controlo de cheias e outras intervenções de sistematização fluvial”. Tem um investimento global elegível de 2.244.800,00€, cofinanciado em 85%.

    imagem

Município de Palmela © 2015 | Todos os direitos reservados