Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Anteriores a 2018

  • Vírus devastador - real. por Jeff Hare imagem

    imagem

    No meio da floresta amazónica, numa importante missão, a jornalista Ann Baurer viu a sua vida ameaçada, juntamente com Raka, o seu operador de câmara. Agora recuperada, ela está determinada a apurar responsabilidades. Na sua incessante busca, Ann e Raka são perseguidos por mercenários e forçados a fugir para salvar a vida descobrindo que estão no meio de uma conspiração que envolve armas biológicas. Entretanto, num voo comercial para os Estados Unidos, abelhas assassinas transportando um vírus devastador põem em risco a vida dos passageiros e de todo o planeta...

    In: http://mag.sapo.pt/

     

    Distrib.: Lusomundo Audiovisuais

    Ano: 2003

  • Caça ao homem - de Edwina Currie

    imagem

    Numa época em que o número de mulheres solteironas e divorciadas cresce a olhos vistos, Eduina Currie - ex-ministra e deputada no Reino Unido e actual apresentadora do B B C - conta-nos a história de Hetty Clarckson, uma típica mulher moderna. Todos acham que ela deveria entrar no jogo da "caça ao homem". Ela prefere viver a vida como nunca. . .

    In: www.wook.pt

     

    Editora: Gradiva

    Ano: 2001

    Págs.: 386

    ISBN: 972-662-774-5

  • Cãoversa - de Sophie Collins

    imagem

    Olhos, orelhas, cabeça, boca, dentes, pernas e a cauda dos cães funcionam como um alfabeto na comunicação com o ser humano. Mas porque é que é tão difícil entender o que eles querem dizer? Este guia prático recorre a imagens e exemplos para "traduzir" cada passo desta interacção, propiciando uma compreensão mais ampla do comportamento dos cães. Um Manuel de "caninês" que poderá ajudar os seres humanos a compreenderem a essência daquilo que os seus amigos de quatro patas lhes tentam comunicar, revelando como as diversas partes do seu animal se coordenam com uma finalidade comum: comunicar consigo.

    In: www.wook.pt

     

    Editora: Booksmile

    Ano: 2011

    Págs.: 127

    ISBN: 978-989-8260-77-2

  • Escravas do poder - de Lydia Cacho

    imagem

    «És puta e drogada. Achas que a polícia vai acreditar em ti ou em mim, um empresário de sucesso?» Há um negócio que sempre prospera, ilegal, imune à austeridade. Da Turquia ao Japão, da Palestina ao Camboja, do Reino Unido ao México, o tráfico humano atravessa o mundo inteiro, invisível aos cidadãos e ignorado por políticos que fingem não ver — ou que dele também dependem. Estima-se que cerca de 80 por cento das vítimas do tráfico são entregues à prostituição. Num trabalho de investigação excecional que se prolongou por vários anos, Lydia Cacho desmascara os criminosos e acompanha o rasto das vidas por eles destroçadas. Em Escravas do Poder, falam na primeira pessoa traficantes de droga e de armas, mafiosos e proxenetas, além das próprias cativas que conseguiram escapar ao carrossel do tráfico. Relato desassombrado das ligações tentaculares do tráfico sexual a um sem-número de indústrias — o turismo, a pornografia, o contrabando, a venda de órgãos e o terrorismo —, tudo depende desta rede global e sem lei, e todos pagamos sem saber o preço destas vidas. «Lydia Cacho tem medo? A pergunta pode ser óbvia, mas a resposta não.»The Guardian «Um corajoso trabalho de investigação.»The Washington Post

    In: www.fnac.pt

     

    Editora: Elsinore

    Ano: 2015

    Págs.: 314

    ISBN: 978-989-668-369-6

     

  • O fim do alfabeto - de C. S. Richardson

    imagem

    Ambrose Zephyr descobre de repente que o tempo se está a esgotar quando o médico anuncia que, devido a uma misteriosa doença, lhe resta um mês de vida. Por isso, ele e a mulher, Zappora Ashkenazi, decidem viajar para todos os sítios de que ele mais gostou ou que mais queria ver, de A a Z, começando por Amesterdão. Em Istambul, porém, Ambrose e Zappora dão ao resto do percurso um rumo inesperado, ao fazerem as pazes com o tempo perdido e as muitas perguntas deixadas para trás… O Fim do Alfabeto é uma história mágica, evocativa e inesquecível que nos leva numa viagem espiritual até às profundezas do amor, da perda e da vida.

    In: http://www.presenca.pt/

     

    Editora: Presença

    Ano: 2009

    Págs.: 93

    ISBN: 978-972-23-4273-5

  • Tardes de chuva e chocolate - de Amalia Decker Márquez

    imagem

    Das lutas pelas utopias às vivências sensuais e eróticas das protagonistas, esta é a saga de uma família de mulheres ao longo de todo o século XX, entre a Europa das guerras e a Bolívia das revoluções. As histórias das suas pequenas epopeias e dos seus prazeres secretos compõem um romance fascinante que não perde o ritmo da primeira à última página.

    In: www.fnac.pt

     

    Editora: Quidnovi

    Ano: 2008

    Págs.: 272

    ISBN: 978-989-628-047-5

     

     

     

  • O santo, o surfista e a executiva - de Robin S. Sharma

    imagem

    Uma narrativa cativante, cujo poder e sabedoria apelam ao que há de melhor em cada um de nós e nos encorajam a criar a vida com que sempre sonhámos. Jack Valentine, o protagonista desta história, vê-se confrontado com a necessidade de dar resposta às perguntas fundamentais da vida. Para o poder fazer, tem de partir numa viagem à descoberta do mundo e de si próprio, reconciliando-se com os seus dons interiores para encontrar a harmonia na sua vida exterior. Com um estilo simples, mas profundo, Robin Sharma descreve, ao longo destas páginas, um processo de autoconhecimento que poderá revolucionar as nossas vidas e enchê-las de amor.

    In: www.fnac.pt

     

    Editora: Pergaminho

    Ano: 2004

    Págs.: 219

    ISBN: 978-972-711-556-3

     

  • A filha da minha melhor amiga - de Dorothy Koomson

    imagem

    A forte relação de amizade entre Kamryn Matika e Adele Brannon, companheiras desde os tempos de faculdade, é destruída num instante de traição que marcará as suas vidas para sempre.

    Anos depois desse incidente, Kamryn é uma mulher com uma carreira de sucesso, que vive sem ligações pessoais complexas, protegendo-se de todas as desilusoes. Mas eis que, no dia do seu aniversário, Adele a contacta... A amiga de Kamryn está a morrer e implora-lhe que adopte a sua filha, Tegan, fruto da sua ilícita relação de uma noite com Nate. Terá ela outra escolha? Será o perdão possível? O que estará Kamryn disposta a fazer pela amiga que lhe partiu o coração? Uma viagem dolorosa e comovente de auto-conhecimento, uma leitura de cortar a respiração.

    In: www.fnac.pt

     

    Editora: Porto Editora

    Ano: 2006

    Págs.: 448

    ISBN: 978-972-0-04124-1

  • A casa em Paris - de Elizabeth Bowen

    imagem

    Quando Henrietta, com apenas onze anos, chega a Paris, para viver com os Fishers, pouco sabe acerca dos fascinantes segredos que envolvem a casa. Henrietta descobre depois que a sua visita coincide com a de Leopold, um jovem que veio a Paris para ser apresentado à mãe que nunca conheceu. Durante um dia, o mistério que envolve Leopold, os seus pais, a agitada anfitriã de Henrietta e a matriarca do quarto do piso superior que se encontra às portas da morte é-nos revelado de forma lenta e inexorável. "A Casa em Paris" é uma obra-prima intemporal e um exemplo da melhor escrita de Bowen.

    In: www.fnac.pt

     

    Editora: Relógio d´Água

    Ano: 2016

    Págs.: 252

    ISBN: 978-989-641-563-1

     

     

  • Uma janela para o infinito - de Denis Guedj

    imagem

    Alemanha, 1917. No final da sua vida, Hans Singer (inspirado na figura do matemático alemão Georg Cantor) é admitido num hospital psiquiátrico. O director da instituição acolhe com grande deferência esse homem mundialmente reconhecido entre a comunidade científica pelos seus trabalhos sobre o infinito e pai da Teoria dos Conjuntos. É-lhe atribuído um pequeno quarto particular mas desde logo o previnem que, dadas as dificuldades dos tempos de guerra, talvez tenha de partilhar o seu quarto com outro doente. Matthias Dutour um jovem soldado francês, maquinista dos caminhos-de-ferro, libertário e «herói contra a sua vontade» será o novo companheiro de Herr Singer. Pouco a pouco, esses dois homens que nada parecem ter em comum irão aprender a conhecer-se e a construir uma amizade - tão improvável quanto indefectível.

    Numa estrutura narrativa muito original e habilmente tecida, Denis Guedj aborda, de forma singular e comovente, a temática da loucura e transmite-nos a mensagem de que a Matemática, como a Política, devem estar ao serviço do homem.

    In: www.wook.pt

     

    Editora: Bizâncio

    Ano: 2008

    Págs.: 252

    ISBN: 978-972-53-0379-5

  • Ulzana, o perseguido - real. por Robert Aldrich  imagem

    imagem

    A violência atrai a violência neste explosivo western que opõe saqueadores Apaches a estranhos combatentes índios e nativos da Cavalaria Americana. Burt Lancaster protagoniza esta acutilante história baseada em factos verídicos, encarnando o papel de um batedor contratado pela Cavalaria para ajudar a seguir o trilho de Ulzana e do seu bando de índios renegados. À medida que se aproxima do inimigo Burt Lancaster vai tentando convencer um jovem tenente que a única forma de combater a escalada de violência Apache é reforçar o exército. Robert Aldrich dirige este épico de ação assente na coragem, num apelo simultâneo aos sentidos e à inteligência.

    Texto retirado do DVD.

     

    Distrib.: Universal Pictures Portugal

    Ano: 2003

  • Kickboxer - real. por Mark DiSalle  imagem

    imagem

    Kurt Sloan (Van Damme) trabalha como ajudante do seu irmão Eric (Alexio), o campeão norte-americano de kickboxing. Os dois vão para a Tailândia fazer uma luta de exibição entre Eric e Tong Po, o campeão tailandês. Mas o que era para ser uma luta de exibição, torna-se num duelo mortal, que termina com Eric paralítico. Kurt decide então treinar kickboxing para vingar o sucedido ao seu irmão, mas ninguém na Tailândia quer treiná-lo, já que Tong Po é considerado imbatível. Até que Kurt conhece Xian Chow (Chan), um velho que mora numa área remota da Tailândia e que aceita treiná-lo. Com o passar do tempo, Kurt fica cada vez mais preparado para saciar sua sede de vingança!

    In: www.fnac.pt

     

    Distrib.: Prisvideo

    Ano: 2007

  • É preciso acreditar! - de Matthew Hutson

    imagem

    Baseado nas mais recentes descobertas científicas! Em todo o mundo, as pessoas são, na sua grande maioria, religiosas, e muitos milhões assumem-se espirituais ou crédulas do desconhecido. Matthew Hutson defende que todos nós acreditamos em alguma coisa, mesmo quando dizemos que não.Tendo como base conhecimentos em várias áreas científicas, Hutson afirma que o pensamento mágico está profundamente enraizado nos nossos cérebros.

    In: www.fnac.pt

     

    Editora: Clube do Autor

    Ano: 2013

    Págs.: 318

    ISBN: 978-989-724-059-1

  • O jogo do anjo - de Carlos Ruiz Zafón

    imagem

    Com deslumbrante estilo e impecável precisão narrativa, o autor de A Sombra do Vento transporta-nos de novo para a Barcelona do Cemitério dos Livros Esquecidos, para nos oferecer uma aventura de intriga, romance e tragédia, através de um labirinto de segredos onde o fascínio pelos livros, a paixão e a amizade se conjugam num relato magistral.

    In: www.fnac.pt

     

    Editora: Dom Quixote

    Ano: 2008

    Págs.: 568

    ISBN: 978-972-20-3707-5

     

    ____________________________________________________________________________________________________

    imagem

    Carlos Ruiz Zafón nasceu em Barcelona em 1964. Inicia a sua carreira literária em 1993 com El Príncipe de la Niebla (Prémio Edebé), a que se seguem El Palacio de la Medianoche, Las Luces de Septiembre (reunidos no volume La Trilogía de la Niebla) e Marina. Em 2001 publica A Sombra do Vento, que rapidamente se transforma num fenómeno literário internacional. Com O Jogo de Anjo (2008) regressa ao Cemitério dos Livros Esquecidos. As suas obras foram traduzidas em mais de quarenta línguas e conquistaram numerosos prémios e milhões de leitores nos cinco continentes. Actualmente, Carlos Ruiz Zafón reside em Los Angeles, onde trabalha nos seus romances, e colabora habitualmente com La Vanguardia e El País.

    In: www.wook.pt

     

    Outras obras deste autor disponíveis na Rede Municipal de Bibliotecas Públicas de Palmela:

    - Marina

    - As luzes de Setembro

    - A sombra do vento

  • Uma casa na Irlanda - de Maeve Binchy

    imagem

    Ria e Marylin não se conhecem - vivem a milhares de quilómetros de distância, separadas pelo oceano Atlântico: um numa grande e acolhedora casa vitoriana em Tara Road, Dublin, a outra numa casa moderna em Nova Inglaterra. Seria difícil encontrar duas mulheres mais diferentes; a vida de Ria centra-se na sua família e nos seus amigos, enquanto a de Marylin conheceu muito sofrimento. Mas quando cada uma delas precisa de sair do ambiente que as rodeia, uma troca de casas parece ser a solução ideal. Juntamente com as casas emprestadas surgem os vizinhos e os amigos, os mexericos e as especulações quando Ria e Marylin trocam de casas durante o Verão...

    In: www.fnac.pt

     

    Editora: Bertrand

    Ano: 2013

    Págs.: 782

    ISBN: 978-972-25-1861-1

    __________________________________________________________________________________________________

    imagem

    Maeve Binchy nasceu perto de Dublin, cenário a que recorreu frequentemente para criar os ambientes dos seus romances. Foi professora e trabalhou em Israel, durante esse período escrevia ao pai todas as semanas, descrevendo um país à beira da guerra. O pai enviou certa vez uma dessas cartas ao Irish Times, que lhe pagou para a publicar. Viria a tornar-se mais tarde a correspondente do jornal em Londres. Desde então, o êxito de Maeve  Binchy foi surpreendente. Publicado  contos, peças de teatro e um guião para televisão, mas ficou mais conhecida pelos seus romances, que lhe conquistaram o reconhecimento internacional. Morreu no dia 31 de julho de 2012, aos 72 anos.

    In: www.wook.pt

  • Pequeno lobo: o livro da malvadez - de Ian Whybrow  imagem

    imagem

    O Pequeno Lobo porta-se bem de mais para lobo. Os pais estão preocupados e querem, como manda o código dos lobos, que ele se transforme num verdadeiro monstro de maldade. Assim, mandam-no, contra a sua vontade, para o Colégio das Manhas, de que é Director o tio Mauzão, para aprender as 9 Regras da Malvadez. Numa linguagem espontânea e cheia de humor, o Pequeno Lobo relata todos os dias as peripécias do seu caminho em direcção à Escola e as suas impressões sobre as aulas, a matéria, o tio e os novos companheiros que acaba por descobrir. Um livro original e ternurento, cheio de episódios hilariantes, que pode ser lido por todos os membros da família.

    In: www.fnac.pt

     

    Editora: Verbo

    Ano: 2004

    Págs.: 126

    ISBN: 972-22-2360-7

  • O rato dentinho 2 - real. por Andrés G. Schaer  imagem

    imagem

    Lucas, um rapaz de oito anos, quer saber como é que o Rato Dentinho é capaz de trocar os dentes por moedas sem que ninguém repare. As tentativas de Leo para satisfazer a curiosidade de Lucas levam a que o Rato Dentinho seja capturado por Gil Penkoff, um empresário sem escrúpulos que procura fazer fortuna vendendo os segredos do Rato Dentinho ao mundo. Lucas e a sua família têm de fazer o impossível para reparar o dano e permitir que o rato mais bondoso do mundo possa continuar a sua missão de fazer as crianças felizes.

    In: www.fnac.pt

     

    Distrib.: Zon Lusomundo Audiovisuais

    Ano: 2010

  • Morte sem glória - real. por John Korty imagem

    imagem

    Em 1972, um major acompanha o corpo de um jovem negro, morto em combate no Vietname, para o cemitério da sua cidade natal. Os problemas surgem quando a comunidade branca não aceita este enterro, com medo da contaminação no além túmulo. Ao descobrir que o rapaz estava proposto para uma medalha, o major tenta então convencer as pessoas que este é um herói e que merece ser enterrado naquele cemitério. Quando tenta obter mais informações para convencer a comunidade, descobre que o tenente poderá ter sido morto pelos seus próprios homens.

    In: http://mag.sapo.pt/cinema/

     

    Distrib.: Trisan

    Ano: 2004

  • Rise: a predadora de vampiros - real. por Sebastian Gutierrez  imagem

    imagem

    Quando Sadie acorda na escuridão, descobre que não está vida mas que, também, não está morta. Enquanto vagueia pela baixa de Los Angeles, os seus sentidos pedem-lhe que sacie a sede de sangue. Como poderá ela matar inocentes para satisfazer a sua ânsia? Porque está ela viva quando deveria estar morta? O Detective Rawlins (MICHAEL CHIKLIS) perdeu a sua única filha para este culto e jurou vingá-la. Ele e Sadie têm a mesma missão - caçar e matar a mesma pessoa, por isso fazem um acordo. O seu pacto é matarem todos os membros do culto, na esperança de descobrirem o seu líder, para que as mortes de inocentes acabem.

    In: www.fnac.pt

     

    Distrib.: LNK Conteúdos

    Ano: 2007

  • Terapia de choque - real. por Peter Segal imagem

    imagem

    Depois de um pequeno mal entendido a bordo de um avião devido a um súbito descontrole temperamental, o tímido homem de negócios Dave Buznik (Adam Sandler) recebe ordem do tribunal para se submeter a um tratamento de controle de raiva, ministrado pelo médico especialista Dr. Buddy Rydell (Jack Nicholson).Dave aceita os conselhos do médico com relutância, mas após mais um incidente, Buddy incrementa o seu agressivo e pouco ortodoxo tratamento, mudando-se para casa de Dave.À medida que Buddy o atormenta em todos os aspectos da sua vida, Dave tem que optar entre continuar prostrado à mercê deste estranho especialista, ou de finalmente, encher-se de coragem e libertar-se deste 'ditador'.Ria á gargalhada com esta ultrajante comédia que o vai levar á loucura de tanto rir. Com um elenco recheado de estrelas que incluí Marisa Tomei, Luis Guzman, Woody Harrelson, John Turturro e Heather Graham. Terapia de Choque é exactamente o que o médico aconselha.

    In: www.fnac.pt

     

    Distrib.: Lusomundo Audiovisuais

    Ano: 2004

     

     

     

     

     

     

  • Good: um homem bom - real. por Vicente Amorim imagem

    imagem

    Professor alemão de literatura nos anos 30, Halder explora as circunstâncias da sua vida pessoal num romance no qual defende compassivamente a eutanásia. Quando o livro é subitamente inscrito numa lista de apoio à propaganda do Governo, Halder vê sua carreira ascender numa corrente de nacionalismo e prosperidade. Decisões aparentemente inconsequentes levam a escolhas, que levam a mais escolhas... com eventuais efeitos devastadores.

    In: www.fnac.pt

     

    Distrib.: LNK Audiovisuais

    Ano: 2009

     

     

     

     

     

  • Anúncio de um crime - de Agatha Christie

    imagem

    Anuncia-se um assassinato, a ter lugar em Little Paddocks, sexta-feira 29 de Outubro, pelas 18.30. Amigos, aceitem este convite, será o único. É desta forma que o jornal local apresenta o enigmático anúncio que despertará grande entusiasmo em Chipping Cleghorn. Curiosos, todos os amigos e conhecidos de Letitia Blacklock, proprietária de Little Paddocks, decidem não faltar ao convite. Todavia, também Letitia é apanhada de surpresa; mas, como boa anfitriã que é, acha por bem participar na festa. Todos esperavam uma partida ou um jogo – escolhe-se um «assassino secreto», apagam-se as luzes, a «vítima» cai e os jogadores tentam adivinhar quem foi o culpado. Prometia ser divertido, até que é encontrada a vítima…assassinada! Um jogo tão mortífero como este requer o melhor jogador de todos: Miss Jane Marple.

    In: www.wook.pt

     

    Editora: Asa II

    Ano: 2015

    Págs.: 270

    ISBN: 978-989-3144-7

     

    ____________________________________________________________________________________________________

     

    imagem

    Agatha Christie nasceu Agatha May Clarissa Miller, em Torquay, na Grã-Bretanha, em 1890. Durante a I Guerra Mundial, prestou serviço voluntário num hospital, primeiro como enfermeira e depois como funcionária da farmácia e do dispensário. Esta experiência revelar-se-ia fundamental, não só para o conhecimento dos venenos e preparados que figurariam em muitos dos seus livros, mas também para a própria concepção da sua carreira na escrita. Com o seu segundo marido, o arqueólogo Max Mallowan, Agatha viajaria um pouco por todo o mundo, participando activamente nas suas escavações arqueológicas, nunca abandonando contudo a escrita, nem deixando passar em claro a magnífica fonte de conhecimentos e inspiração que estas representavam.

    Autora de cerca de 300 obras (entre romances de mistério, poesia, peças para rádio e teatro, contos, documentários, uma autobiografia e seis romances publicados sob o pseudónimo de Mary Westmacott), viu o seu talento e o seu papel na literatura e nas artes oficialmente reconhecidos em 1956, ano em que foi distinguida com o título de Commander of the British Empire. Em 1971, a Rainha Isabel II consagrou-a com o título de Dame of the British Empire. Deixando para trás um legado universal celebrado em mais de cem línguas, a Rainha do Crime, ou Duquesa da Morte (como ela preferia ser apelidada), morreu em 12 de Janeiro de 1976. Em 2000, a 31st Bouchercon World Mistery Convention galardoou Agatha Christie com dois prémios: ela foi considerada a Melhor Autora de Livros Policiais do Século XX e os livros protagonizados por Hercule Poirot a Melhor Série Policial do mesmo século.

    In: www.wook.pt

     

     

    Outras obras desta autora disponíveis na Rede Municipal de Bibliotecas de Palmela:

     

    - O mistério dos sete relógios

    - Poirot e o jogo macabro

    - O estranho caso da velha curiosa

    - Morte entre as ruínas

    - Morte no Nilo

    - A aventura do pudim de Natal

    - O enigma das cartas anónimas

    - O homem do fato castanho

    - Um crime no expresso do Oriente

    - Perigo na casa do fundo

     

  • O estranho caso Ford - Donna Leon

    imagem

    Quando uma das alunas da sua mulher Paola o vai visitar, com um estranho interesse sobre a possibilidade de se investigar o perdão concedido ao seu avô por um crime cometido muitos anos antes, o Commissario Brunetti dá pouca importância ao assunto. No entanto, sente-se intrigado e atraído pela inteligência e seriedade moral da rapariga. Quando ela aparece morta, esfaqueada até se ter esvaído em sangue, Claudia Leonardo deixa de ser apenas uma aluna de Paola e passa a ser um caso de Brunetti... Enquanto investiga a vida de Claudia, descobre que esta não tem qualquer família. O único elo familiar que possui é com uma idosa senhora austríaca, que foi amante do avô. Brunetti cada vez mais intrigado desloca-se a casa da senhora e fica estupefacto com a imensa colecção de arte existente na casa da antiga amante. Quando esta também aparece morta o caso torna-se um beco sem saída e, quanto mais investiga mais segredos mórbidos descobre: a colaboração com os Nazis e o roubo de joias italianas durante a guerra.

    In: www.fnac.pt

     

    Editora: Planeta

    Ano: 2012

    Págs.: 311

    ISBN: 978-989-657-316-4

     

    _________________________________________________________________________________________________

    imagem

    Donna Leon é uma autora que dispensa apresentações. Sobejamente conhecida na Alemanha, Itália, Reino Unido, Espanha, EUA e Portugal, é muitas vezes comparada a Agatha Christie, consagrando-se como uma das melhores escritoras de romances policiais, com a série protagonizada pelo comissário Guido Brunetti. A escritora norte-americana tem vindo a destacar-se mundialmente como uma das mais importantes autoras do policial contemporâneo, sendo que, as suas obras se mantêm sucessivamente nas listas dos mais vendidos em todo o mundo. Regra geral nas suas obras, a escritora oferece aos leitores personagens peculiares, entre as quais se encontram vítimas simpáticas merecedoras de compaixão, assassinos bondosos que não merecem qualquer castigo e criminosos de tal forma perversos que nunca serão punidos. Leon já viveu e ensinou Inglês na Suiça, no Irão, na China e na Arábia Saudita. Actualmente, é professora de Literatura Inglesa numa universidade próxima da cidade de Veneza, onde reside.

    In: www.wook.pt

     

    Outras obras desta autora disponíveis na Rede Municipal de Bibliotecas de Palmela:

     

    - Na senda do crime

    - Morte no le Fenice

    - Acqua alta

    - Morte numa terra estranha

    - No silêncio da noite

    - Vestido para a morte

  • Entardecer em Bizâncio - de Irviw Shaw

    imagem

    Editora: Livros do Brasil

    Ano: 1973

    Págs.: 323

  • 3º grau - de James Patterson

    imagem

    Uma das mais amadas heroínas de James Patterson encontra-se prestes a morrer! Bestseller Internacional. A  detective Lindsay Boxer está a fazer jogging numa bela rua São Francisco quando uma explosão violenta ecoa na zona. A casa de um magnata da internet irrompe em chamas, e quando Lindsay lá entra à procura de sobreviventes, descobre três pessoas mortas. Uma criança que morava na casa desapareceu - e uma mensagem misteriosa encontrada no local deixa Lindsay e o Departamento de Homicídios da Polícia de São Francisco completamente perplexo. Em seguida, um proeminente empresário é encontrado morto em circunstâncias bizarras, com outra misteriosa mensagem deixada pelo assassino. Lindsay pede às amigas que a ajudem a descobrir quem anda a cometer aqueles crimes e porque tenciona matar alguém a cada três dias. Ainda mais aterrorizante, o assassino tem na mira uma das quatro amigas do Clube das Investigadoras. Qual deles será? Enquanto a investigação se desenrola, Lindsay trabalha em estreita colaboração com um agente federal encarregado do caso. Ao mesmo tempo, descobre que um membro do clube está a esconder um segredo tão perigoso e inacreditável que pode destruí-las a todas.  

    In: www.fnac.pt

     

    Editora: Quinta Essência

    Ano: 2011

    Págs.: 330

    ISBN: 978-989-8228-55-0

     

    ___________________________________________________________________________________________________

    imagem

    James Patterson é indiscutivelmente um dos grandes nomes do thriller, sendo mesmo o mais popular neste género em todo o mundo, com mais de 150 milhões de exemplares vendidos, traduzidos em 49 línguas.

    Patterson publicou a sua primeira obra em 1976 e é autor de um impressionante número de bestsellers. Entre outros prémios, foi distinguido com o Edgar Award, a distinção mais importante do mundo atribuída a este género de romance.

    A série O Clube das Investigadoras, anuncia-se como uma das mais vendidas na última década nos Estados Unidos. Foi adaptada à televisão pela ABC, em 2007. Em Portugal, os episódios da série são exibidos pelo canal por cabo Fox Life.

    Patterson vive na Florida com a família.

    In: www.wook.pt

     

    Outras obras deste autor disponíveis na Rede Municipal de Bibliotecas de Palmela:

     

    - A conspiração da aranha

    - Diário de uma mãe

    - Os crimes da doninha

    - Abre o teu coração

    - A noiva assassina

    - Alex Cross

  • Tropa de elite - de Luiz Eduardo Soares

    imagem

    «Homem de preto,

    qual é a sua missão?

    Entrar pela favela e deixar corpo no chão.

    Homem de preto, o que é que você faz?

    Eu faço coisas que assustam Satanás.»

    (Refrão dos homens do BOPE)

     

    Baseado em factos reais, Tropa de Elite alia-se à ficção para descrever o exaustivo trabalho do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) do Rio de Janeiro. Treinados para lidar com situações especiais, os elementos do BOPE distinguem-se pela incorruptibilidade, honra, dignidade e coragem. Mas as suas práticas de combate ao crime são descritas como violentas, cruéis e implacáveis. Todos os dias os polícias arriscam a vida em nome do dever, nem por isso auferindo salários em conformidade sendo o orgulho na missão aquilo que os faz mover e que os eleva à categoria de benfeitores por entre as populações. A ameaça é uma constante na vida destes homens e a sua incursão pelas favelas, por bairros pobres e problemáticos, obriga-os a fazerem uso do sangue frio e a entoarem o grito de guerra em casos de brutalidade extrema. A primeira parte do livro revela o quotidiano desta polícia e as suas práticas e a segunda parte acompanha uma personagem que se envolverá com autoridades, traficantes, e políticos num circuito onde o perigo espreita a cada esquina e se tecem relações melindrosas em torno da corrupção. Tropa de Elite revela como o BOPE se destaca destes círculos, como despista o crime e corajosamente o enfrenta e reprime.

    In: www.wook.pt

     

    Editora: Presença

    Ano: 2008

    Págs.: 316

    ISBN: 978-972-23-3924-7

     

  • Em nome de Deus - David Yallop

    imagem

    As revelações de David Yallop, feitas após uma cuidadosa investigação que contou com a colaboração encoberta de diversas personalidades do Vaticano, desvendam um universo de actividades financeiras criminosas que mais de uma vez conduziram à morte dos nela implicados. O autor conclui que, ao tentar opor-se a esse pesado sistema de cumplicidades, precisamente ao ordenar uma investigação sobre os escândalos financeiros no Vaticano e ao manifestar a vontade de substituir de imediato alguns dos principais cúmplices nessas actividades, João Paulo I terá sacrificado a sua vida.

    In: www.fnac.pt

     

    Editora: Dom Quixote

    Ano: 2008

    Págs.: 488

    ISBN: 978-972-20-3533-0

  • Guia de sobrevivência para as belas modernas - de Cristina Azedo

    imagem

    Quer ter uma pele radiosa e um corpo cuidado? Acabar com os pontos negros e dizer adeus à celulite? Atrasar a chegada das rugas e evitar as estrias? Disfarçar as olheiras e combater os pêlos? Enfrentar os sinais de cansaço e viver uma gravidez sem receios? Neste livro descobrirá instruções que lhe ensinarão tudo sobre os mecanismos da beleza feminina. Tão bem informada quanto uma especialista, depois é só fazer as escolhas certas, porque bastam pequenas mudanças de hábitos e comportamentos para ver resultados no seu aspecto global. Acabaram-se os segredos de beleza.

     

    Viva sem medo do espelho, aposte no seu bem-estar! Se estar bonita depende apenas de si, dê o primeiro passo. Aprenda como fazer o diagnóstico da sua pele, que produtos comprar e como tirar o melhor partido deles, bem como pequenos truques para pôr o seu rosto a brilhar. Descubra tudo sobre a celulite e como vencê-la, porque é tão importante dar atenção aos seios ou como minorar as dolorosas pernas pesadas... e, ainda, porque é que a garrafa de água e o protector solar nunca podem faltar.

    In: www.wook.pt

     

    Editora: Arte Plural

    Ano: 2011

    Págs.: 139

    ISBN: 978-989-8013-90-3

  • Do sofrimento à felicidade - de Rossana Appolloni

    imagem

    Esta obra procura refletir sobre algumas das roturas teóricas operadas ao longo do Séc. XX na área das psicoterapias a partir de quatro paradigmas fundamentais: o psicodinâmico baseado na psicanálise freudiana; o humanista-existencial; o cognitivo comportamental e, finalmente, as propostas atuais da psicologia positiva, que procura criar um espaço próprio de investigação científica.

    In: www.fnac.pt

     

    Editora: Self Desenvolvimento Pessoal

    Ano: 2015

    Págs.: 283

    ISBN: 978-989-8781-54

  • Hotel Transylvania - real. por Genndy Tartakovsky  imagem

    imagem

    Do mesmo Estúdio de Os Smurfs. Bem-vindo ao Hotel Transylvania, o luxuoso resort do Drácula, onde os monstros e as suas famílias podem viver livremente sem os humanos a incomodá-los. Num fim de semana especial, Drácula convida alguns dos monstros mais famosos do Mundo – Frankenstein e a sua mulher, a Múmia, o Homem-Invisível, uma família de lobisomens e muito mais – para celebrar o 118º aniversário da sua filha Mavis. Para o Drácula receber todos estes monstros lendários não é problema – mas o seu mundo pode desabar quando um homem comum aparece no Hotel e se apaixona por Mavis.

    In: www.fnac.pt

     

    Distrib.: Pris Audiovisuais

    Ano: 2013

     

     

     

     

  • O amor faz-te mal, Valentim - de Álvaro Magalhães  imagem

    imagem

    Os Perestelo fogem para o Porto, onde alugam uma casa e refazem a sua vida. Valentim procura a antiga namorada, mas ela assusta-se e foge dele a sete pés. Destroçado, vagueia pela cidade e conhece a misteriosa Diana, que toma de assalto o seu coração. Só que a Mãe cansa-se de o avisar: o amor faz-te mal, Valentim!Entretanto, Mil-Homens, o caçador de vampiros, descobre que eles estão na cidade; e a caçada continua. Finalmente, chega a casa dos Perestelo uma encomenda, sem remetente. Lá dentro, vinha uma caixa de música. Deram-lhe corda e ouviram uma estranha canção: «Mundo de Lá, mundo de Láhá outro mundo, olá se há.»   «Crónicas do Vampiro Valentim» narra a saga dos cinco membros da família Perestrelo (Valentim, Dentinho, a Mãe, o Pai e o Avô), que acordaram do sono da morte na noite do seu funeral e, agora, têm de sobreviver num mundo onde não têm lugar.Excluídos, eles carregam os problemas próprios de quem é diferente, embora a sua busca (segurança, integração, felicidade) seja a busca de toda a gente. Pior ainda: Mil-Homens, o caçador de vampiros, persegue-os até quando está a dormir. Ele sonha com a glória de os caçar, embora não possa falar nisso, na glória, em voz alta (e em voz baixa também não). Digo-vos eu: sempre que ele diz “glória”, ou cai a um buraco ou aparece a Glória, a vizinha apaixonada que o persegue; ou então as duas coisas… (Sim, também já aconteceu!)

    In: www.fnac.pt

     

    Editora: Asa

    Ano: 2011

    Págs.: 111

    ISBN: 978-989-23-0817-3

     

    __________________________________________________________________________________________________

    imagem

    Álvaro Magalhães nasceu no Porto, em 1951. A sua obra para crianças e jovens, que integra poesia, conto, ficção e textos dramáticos, repartindo-se por cerca de 80 títulos, caracteriza-se pela originalidade e invenção, quer na escolha dos temas quer no seu tratamento.

    Foi várias vezes premiado pela Associação Portuguesa de Escritores e Ministério da Cultura. Em 2002, O limpa-palavras e outros poemas foi integrado na Honour List do Prémio Hans Christian Andersen e, em 2004, Hipopóptimos – Uma história de amor foi distinguido com o Grande Prémio Calouste Gulbenkian. Várias das suas publicações integram o Plano Nacional de Leitura e constam do corpus das Metas Curriculares de Português.

    Parte da sua obra (21 títulos) está publicada em Espanha, França, Brasil e Coreia do Sul.

    In: www.wook.pt

     

    Outras obras deste autor disponíveis na Rede Municipal de Bibliotecas de Palmela:

    - O menino chamado menino

    - Uma história com muitas letras

    - A princesa cobra

    - O reino perdido

    - A rosa do Egipto

    - O olhar do dragão

    - Ao serviço de sua majestade

    - O rapaz de pedra

    - A menina curiosa

    - Guardado no coração

     

     

     

     

     

     

     

     

     

  • Vampiros ou nem por isso - de Álvaro Magalhães   imagem

    imagem

    Valentim começa o seu Diário, onde descreve os primeiros dias de vampiros nem por isso de toda a família, que vive escondida em Vivalma, no sótão da velha casa de campo. No Porto, Adolfo Mil-Homens, caçador de vampiros, fica na pista deles e, entre alhos e estacas de madeira, prepara a sua expedição de caça. Entretanto, a casa de campo dos Perestelo é vendida pelo herdeiro, o tio Basílio, e vai ser demolida. Pior ainda: Mil-Homens chega a Vivalma, com o seu ajudante Medronho, e procura o jazigo deles no cemitério, enquanto canta: Ah, caçar, caçar, caçar,Há caça por todo o ladoe é preciso caçaro que ainda não foi caçado.   «Crónicas do Vampiro Valentim» narra a saga dos cinco membros da família Perestrelo (Valentim, Dentinho, a Mãe, o Pai e o Avô), que acordaram do sono da morte na noite do seu funeral e, agora, têm de sobreviver num mundo onde não têm lugar.Excluídos, eles carregam os problemas próprios de quem é diferente, embora a sua busca (segurança, integração, felicidade) seja a busca de toda a gente. Pior ainda: Mil-Homens, o caçador de vampiros, persegue-os até quando está a dormir. Ele sonha com a glória de os caçar, embora não possa falar nisso, na glória, em voz alta (e em voz baixa também não). Digo-vos eu: sempre que ele diz “glória”, ou cai a um buraco ou aparece a Glória, a vizinha apaixonada que o persegue; ou então as duas coisas… (Sim, também já aconteceu!)

    In: www.fnac.pt

     

    Editora: Asa

    Ano: 2012

    Págs.: 109

    ISBN: 978-989-23-0816-6

     

     

     

     

  • Águas negras - de Joyce Carol Oates

    imagem

    Na noite da festa do 4 de julho, um carro conduzido por um senador, no qual viajava também uma jovem que ele conhecera horas antes, despista-se ao fazer uma curva inesperada junto de uma ponte e mergulha nas águas negras de um pequeno rio. A partir desse instante, o ponto de vista adoptado é o da própria jovem, Kelly Kelleber. E o leitor vai descobrindo, pouco a pouco, o seu passado e o seu presente, o seu espírito e o seu corpo, através de páginas que descrevem de forma admirável a figura dessa jovem atraída por um homem mais velho, no qual crê vislumbrar um herói, um pai e um possível amante. A sua voz adquire então o tom da tragédia clássica, já que ela parece falar em nome de todas as mulheres que sucumbem à sedução que emana de certos homens, arrastados por sonhos românticos que a realidade se encarrega de brutalmente desmentir.

    Texto retirado do livro.

     

    Editora: Asa

    Ano: 1993

    Págs.: 126

    ISBN: 972-41-1275-6

    __________________________________________________________________________________________________

    imagem

    Joyce Carol Oates nasceu em 1938, em Nova Iorque. Publicou o seu primeiro romance em 1963 e ganhou o National Book Award com o romance Eles. Escreveu alguns dos textos literários mais representativos da nossa época, incluindo Águas Negras, What I Lived For, nomeados para o prémio Pulitzer de Ficção, e Blonde (publicado pela Casa das Letras), igualmente finalista deste galardão bem como do National Book Award. A sua vasta obra literária conta com cerca de 90 títulos publicados, entre romances, contos, poesia, teatro e ensaios. É traduzida em várias línguas sendo unanimemente reconhecida pela crítica internacional. É professora na Universidade de Princeton e membro, desde 1978, da Academia Americana de Artes e Letras. Recebeu, em 2003, o Common Wealth Award e o Kenyon Review Award.

    In: www.wook.pt

     

    Outras obras desta autora disponíveis na Rede Municipal de Bibliotecas de Palmela:

    - Blonde

    - Marya, uma vida

     

     

     

     

     

     

  • A felicidade de Kati - de Jane Vejjajiva

    imagem

    Livro Recomendado pelo Plano Nacional de Leitura Centro Novas Oportunidades Sugestões de Leitura Esta é a história de uma menina tailandesa de nove anos que nunca conheceu o pai e cuja mãe sofre de uma doença sem cura. Kati vive com os avós e não vê a mãe há cerca de cinco anos. No final da vida, a mãe chama-a para o último adeus e o seu amor materno incentiva Kati a tomar uma das decisões mais difíceis da sua vida. A Felicidade de Kati é uma história que nos fala, de forma dócil e optimista em grandes valores, tais como a vida, a morte, o amor e o destino. Uma narrativa poética sobre a importância de aceitar aquilo que não podemos mudar. Consulte um excerto da obra: Open publication - Free publishing

    In: www.fnac.pt

     

    Editora: Presença

    Ano: 2011

    Págs.: 107

    ISBN: 978-972-23-4501-9

     

     

     

     

     

     

     

     

  • Paixão em Florença - de William Somerset Maugham

    imagem

    Livro recomendado pelo Plano Nacional de Leitura3º Ciclo Leitura Autónoma Florença. Uma magnífica casa nas colinas serve de cenário para um sonho que, subitamente, se transformará em pesadelo...Nesse refúgio de tranquilidade, as violentas emoções do passado são momentaneamente eclipsadas e Mary Panton pode encarar calmamente as perspectivas do seu segundo casamento com Sir Edgar Swift — que ela admira e respeita, mas não ama.Um simples acto de compaixão, o desejo de proporcionar alguma beleza à vida atribulada e infeliz de um jovem refugiado, vai no entanto dar início a um pesadelo de violência que destruirá a ténue serenidade de Mary. Intuitivamente, ela vai confiar na ajuda e compreensão de Rowley Flint, um estranho de reputação mais que duvidosa. E compreenderá com ele que rejeitar o amor, mesmo com todos os seus múltiplos riscos, é rejeitar a própria vida. Escrito com a simplicidade das grandes obras literárias, Paixão em Florença é um exemplo perfeito da genialidade de Somerset  Maugham.

    In: www.fnac.pt

     

    Editora: Asa II

    Ano: 2002

    Págs.: 116

    Coleção: Fnac de bolso.

    ISBN: 972-41-2873-3

     

     

    ___________________________________________________________________________________________________

    imagem

    William Somerset Maugham, filho de pais ingleses a viverem em França, nasceu em 1874, na embaixada britânica de Paris, de modo a escapar à obrigatoriedade de cumprir serviço militar imposta a todos os cidadãos nascidos em solo francês. Dramaturgo e romancista, antes de deflagrar a Primeira Guerra Mundial, Maugham já havia publicado dez romances e igual número de peças de teatro da sua autoria haviam subido a palco. Rapidamente se tornou um dos mais célebres escritores do seu tempo, e também um dos mais bem pagos. Quando ficou órfão de ambos os pais, antes de completar dez anos, foi enviado para Inglaterra, permanecendo ao cuidado de um tio. Mudou de país e mudou de língua – a adaptação não decorreu pacificamente. Com dezasseis anos, convenceu o tio a deixá-lo estudar na Alemanha, onde se dedicaria à literatura, à filosofia e à língua alemã. Aqui assumiria a sua bissexualidade, tendo a primeira relação homossexual, e aqui escreveria o seu primeiro livro, uma biografia do compositor Giacomo Meyerbeer. Quando regressou a Inglaterra, Somerset Maugham já tinha a certeza de que queria ser escritor. Durante a Primeira Guerra Mundial, o escritor viajou pela Índia e pelo Sudeste Asiático, experiência que lhe serviu de mote para várias obras. Entre os seus livros mais notáveis, encontram-se Servidão Humana, O Fio da Navalha e A Carta. Somerset Maugham morreu na sua casa do Sul de França em 1965, e as suas cinzas foram espalhadas perto da Biblioteca Maugham, em Inglaterra.

    In: www.wook.pt

     

    Outras obras deste autor disponíveis na Rede Municipal de Bibliotecas de Palmela:

    - Servidão humana

    - Chuva e outras novelas

    - O fio da navalha

    - O véu pintado

    - O mágico

    - Antes de Amanhecer

    - As paixões de Júlia

     

     

     

     

  • Wolf hall - de Hilary Mantel

    imagem

    Vencedor do Man Booker Prize 2009. De uma das melhores escritoras contemporâneas, "Wolf Hall" explora a intersecção de psicologia individual com objectivos políticos. Com uma grande variedade de personagens e uma rica sucessão de incidentes, recua na história para nos mostrar a Inglaterra dos Tudor como uma sociedade em formação, que se molda a si própria com grande paixão, sofrimento e coragem. Inglaterra, década de 1520.Henrique VIII está no trono, mas não tem herdeiros. O cardeal Wolsey é o conselheiro do rei encarregue de obter o divórcio que o papa recusa conceder. Neste ambiente de desconfiança e necessidade aparece Thomas Cromwell, primeiro como secretário de Wolsey, e depois como seu sucessor. Cromwell é um homem muito original: filho de um ferreiro bruto, é um génio da política, um subornador, um galanteador, um arrivista, um homem com uma habilidade incrível para manipular pessoas e aproveitar ocasiões. Implacável na procura dos seus próprios interesses, Cromwell é tão ambicioso nos seus objectivos políticos como nos seus objectivos pessoais. O seu plano de reformas é implementado perante um parlamento que apenas zela pelos seus interesses e um rei que flutua entre paixões românticas e fúrias brutais.

    In: www.fnac.pt

     

    Editora: Civilização

    Ano: 2010

    Págs.: 658

    ISBN: 978-972-26-3104-4

    ____________________________________________________________________________________________________

    imagem

    Hilary Mantel nasceu em Glossop (Inglattera), em 1952. Estudou direito na London School of Economics and Sheffield University. Trabalhou como assistente social, viveu cinco anos no Botswana e outros quatro anos na Arábia Saudita. Regressou ao Reino Unido nos anos 80.

    É considerada uma das melhores escritoras britânicas da actualidade, tendo várias das suas obras recebido prémios literários. Destacam-se os títulos "Eight Months on Ghazzah Street" (1988); "Fludd" (1989), vencedor do Winifred Holtby Memorial Prize, do Cheltenham Prize e do Southern Arts Literature Prize; "A Place of Greater Safety" (1992), vencedor do Sunday Express Book of the Year; "A Change of Climate" (1994); "An Experiment in Love" (1995), vencedor do Hawthornden Prize 1996; "The Giant" (1998); "Giving Up the Ghost: A Memoir" (2003); "Learning to Talk: Short Stories" (2003); "Beyond Black" (2005), finalista do Commonwealth Writers Prize e do Orange Prize for Fiction em 2006; e "Wolf Hall" (2009) que lhe valeu o Man Booker Prize for Fiction 2009.

    In: www.wook.pt

     

    Outra obra desta autora disponível na Rede Municipal de Bibliotecas de Palmela:

    - O assassinato de Margaret Thatcher: e outros contos

     

     

     

     

  • A baía do desejo - de Jojo Moyes

    imagem

    Mike Dormer chega a Silver Bay, uma pacata vila costeira da Austrália, com um único e secreto intuito que abalará por completo a vida dos seus habitantes. Mas Silver Bay reserva-lhe um destino diferente. Liza McCullen e a sua filha Hannah, de dez anos, residem no familiar Hotel Silver Bay - tão excêntrico como a sua proprietária Kathleen - onde Mike se hospeda. As suas personalidades enigmáticas exercerão um fascínio inexplicável sobre o pragmático executivo londrino, que se deixará envolver irremediavelmente pelos membros da pequena comunidade de Silver Bay e pela magia que descobre no seu modo de vida. Em pouco tempo, Mike sentir-se-á dividido entre a culpa e o desejo, a responsabilidade... e a paixão inesperada. Paralelamente, a vida de Liza sofrerá uma reviravolta inevitável. Prisioneiros de uma perigosa teia de segredos e mentiras, estarão eles preparados para enfrentar os acontecimentos que se avizinham?

    In: www.wook.pt

     

    Editora: Porto Editora

    Ano: 2009

    Págs.: 415

    ISBN: 978-972-0-04194-4

     

    ____________________________________________________________________________________________________

    imagem

    Jojo Moyes nasceu em 1969 e cresceu em Londres. Estudou Jornalismo e foi correspondente do jornal The Independent até 2002, quando publicou o seu primeiro romance, Retrato de Família, e resolveu dedicar-se à escrita a tempo inteiro. Foi uma das poucas autoras a ganhar por duas vezes o prémio Romantic Novel of the Year, primeiro com Foreign Fruit (2003) e com A Última Carta de Amor (2010). Do catálogo da Porto Editora constam já os romances Silver Bay - A Baía do Desejo, Um Violino na Noite, Retrato de Família, A última carta de amor e Viver depois de ti.

    In: www.wook.pt

     

     

     

     

     

     

  • Maníacos de qualidade - de Joana Amaral Dias

    imagem

    Antes de fugir para o Brasil, D. Maria I já se encontrava louca. Passava por períodos de frenesi e supunha que o seu próprio corpo estava oco. No Rio de Janeiro, imaginava que o Diabo se escondia no Pão de Açúcar. Como foi que a vida sexual de D. Afonso VI e os seus órgãos genitais acabaram escrutinados num tribunal que ambicionava demonstrar que o soberano era impotente, louco e incapaz de governar? Hoje é possível entender os bastidores das acções destes monarcas?

    O Marquês de Pombal encontrar-se-ia tão obcecado com os jesuítas que só admitia conversas que os visassem. Entre os muitos que encarcerou e matou, conta-se o padre Malagrida. Qual dos dois era menos equilibrado? O iluminista que do beato fez herege para o queimar na fogueira ou o roupeta-preta que assumia a autoria de milagres e exorcismos? Um dia, Antero de Quental sentou-se num banco de um jardim público e deu dois tiros na cabeça. Porque foi que esse poeta-herói encerrou assim a sua vida? Fernando Pessoa revelou, desde cedo, uma grande preocupação com a sua própria sanidade mental, adoptando diferentes classificações psiquiátricas para si mesmo. Estaria louco ou apenas com medo?

    A psicóloga clínica Joana Amaral Dias traça o retrato psicológico destas e de outras personagens tidas como loucas. Baseada numa investigação histórica cuidada e na leitura de escritos e registos biográficos e autobiográficos – cartas, diários, etc. -, a autora revela-nos a dor psiquíca destas figuras, bem como o seu respectivo diagnóstico clínico.

    Porém Joana Amaral Dias vai mais longe e, nesta viagem aos universos mentais de portugueses célebres, questiona os rótulos com que estes foram marcados e os tratamentos a que foram sujeitos – da fogueira a sanguessugas, dos banhos gelados aos choques eléctricos, das tareias ao apedrejamento. Uma reflexão original sobre a forma como ao longo dos tempos a sociedade encarou a doença mental e acerca das alianças que a Psiquiatria estabeleceu com o poder e a própria loucura.

    In: http://www.esferadoslivros.pt/

     

     

    Editora: A Esfera dos Livros

    Ano: 2010

    Págs.: 395

    ISBN: 978-989-626-200-6

     

  • Nem as mulheres são tão complicadas nem os homens são tão simples - de María Jesús Álava Reyes

    imagem

    Ao princípio surge o amor. Uma felicidade avassaladora que nos enche e nos faz crer que vai durar toda uma vida. Com o tempo surgem as incertezas, as angústias, as discussões, as acusações. O casal começa a afastar-se, a sofrer no silêncio, a deixar de comunicar e de expressar os seus sentimentos. Muitas vezes a única solução parece ser a separação. Como é que um amor que era para toda a vida acaba, assim, de repente? Será que a culpa é das mulheres que são demasiado complicadas? Ou dos homens que são tão simples? Será que todas as relações estão votadas ao fracasso? A psicóloga María Jesús Álava Reyes autora dos best-sellers - A Inutilidade do Sofrimento e A Arte de Arruinar a sua Própria Vida – mostra-nos, neste livro, que há relações pelas quais podemos e devemos lutar e outras, onde o desamor já se instalou, a que devemos pôr um ponto final. Com exemplos concretos e histórias reais que passaram pelas mãos desta psicóloga em mais de vinte e cinco anos de prática clínica, compreendemos os princípios psicológicos que regem certas condutas problemáticas e reacções imprevistas, bem como os meios para resolver as dificuldades quotidianas de uma relação. «Por vezes entre o amor e o desamor só há um passo, o passo do tempo.»

    In: www.fnac.pt

     

    Editora: A Esfera dos Livros

    Ano: 2008

    Págs.: 294

    ISBN: 978-989-626-087-3

  • O relaxamento através da natureza - de Mário Cales

    imagem

    No Mundo agitado, industrializado, maioritariamente urbano, o nosso afastamento do mundo natural deixou-nos num estado indefeso perante a lógica da vida e com um enfraquecido conhecimento de nós próprios. Com o relaxamento, é possível contrariar esta tendência e fortalecer o nosso contacto com o meio natural e com o próprio corpo, adquirindo uma comunhão entre o nosso ser interior e toda a existência universal. Com exercícios e práticas simples de executar, este é o guia básico e indispensável para quem deseja aprender as técnicas óptimas de relaxamento e assim adquirir equilíbrio, harmonia e paz com o Universo e a Natureza.

    In: www.fnac.pt

     

    Editora: Europa-América

    Ano: 2004

    Págs.: 130

    ISBN: 972-1-05432-1

Município de Palmela © 2015 | Todos os direitos reservados