Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Maio

  •  O Principezinho - de Antoine de Saint Exupery

    9721039691[1]

    Plano Nacional de Leitura
    Livro recomendado para o 6º ano de escolaridade, destinado a leitura orientada.

    Antoine de Saint-Exupéry publicou pela primeira vez «O Principezinho» em 1943, quando recuperava de ferimentos de guerra em Nova Iorque, um ano antes do seu avião Lockheed P-38 ter sido dado como desaparecido sobre o Mar Mediterrâneo, durante uma missão de reconhecimento. Mais de meio século depois, a sua fábula sobre o amor e a solidão não perdeu nenhuma da sua força, muito pelo contrário: este livro que se transformou numa das obras mais amadas e admiradas do nosso tempo, é na verdade de alcance intemporal, podendo ser inspirador para leitores de todas as idades e de todas as culturas.
    O narrador da obra é um piloto com um avião avariado no deserto do Sahara, que, tenta desesperadamente, reparar os danos causados no seu aparelho. Um belo dia os seus esforços são interrompidos devido à aparição de um pequeno príncipe, que lhe pede que desenhe uma ovelha. Perante um domínio tão misterioso, o piloto não se atreveu a desobedecer e, por muito absurdo que pareça - a mais de mil milhas das próximas regiões habitadas e correndo perigo de vida - pegou num pedaço de papel e numa caneta e fez o que o principezinho tinha pedido. E assim tem início um diálogo que expande a imaginação do narrador para todo o género de infantis e surpreendentes direcções. «O Principezinho» conta a sua viagem de planeta em planeta, cada um sendo um pequeno mundo povoado com um único adulto. Esta maravilhosa sequência criativa evoca não apenas os grandes contos de fadas de todos os tempos, como também o extravagante «Cidades Invisíveis» de Ítalo Calvino. Uma história terna que apresenta uma exposição sentida sobre a tristeza e a solidão, dotada de uma filosofia ansiosa e poética, que revela algumas reflexões sobre o que de facto são os valores da vida. (in: www.wook.pt)

     

    Editora: Europa América
    Ano: 1996
    Pags: 81
    ISBN: 972-1-03969-1
  • A Cimeira das Lajes - de Bernardo Pires de Lima 

    20190209173558[1]

    Passados dez anos sobre a Cimeira da Lajes e o envolvimento português na preparação da intervenção no Iraque, importa perceber as razões que levaram à decisão de Lisboa e as motivações que justificaram o papel de Durão Barroso como anfitrião do encontro entre George W. Bush, Tony Blair e José María Aznar. Envolta em polémica internacional, dúvidas permanentes, certezas absolutas e num debate aceso que redefiniu alinhamentos entre países, a decisão portuguesa nunca foi explicada com o rigor que esse protagonismo exigiria. A intenção com este trabalho é contribuir para o entendimento de uma decisão da política externa portuguesa, a mais polémica das últimas décadas, um processo que extremou posições no interior do consenso partidário, mostrou uma tensão entre órgãos de soberania e acabou por conduzir a quatro moções de censura simultâneas ao governo. Tudo isto sobre uma matéria de política externa. Nunca tal tinha acontecido na democracia portuguesa. (in: www.wook.pt)

     

    Editora; Tinta da China
    Ano: 2013
    Pags: 199
    ISBN: 978-989-671-152-8

  • A Era da Mentira - de Mohamed Elberadei

    20190513101230[1]

    Durante anos decisivos, Mohamed ElBaradei desempenhou um papel nem sempre compreendido e, muitas vezes, ingrato, no epicentro de jogos políticos, interesses económicos e conflitos culturais. Conheceu protagonistas, mediou confrontos, apresentou alternativas, resistiu a pressões. Nunca hesitou na defesa da diplomacia, da paz e da não-proliferação de armas nucleares. Até porque, como lembra, "a alternativa é impensável". Repleto de pormenores dos bastidores da diplomacia mundial, este livro vai sentá-lo à mesa com os mais altos dirigentes do Iraque num jantar onde se antevê uma guerra que estava condenada a acontecer; convida-o a entrar na Casa Branca para assistir a reuniões tensas com Condolezza Rice, Dick Cheney e Paul Wolfowitz, mas também a encontros desconcertantes com o Presidente Bush em pose de cowboy; leva-o até à Coreia do Norte, à Líbia e ao Irão para assistir às negociações entre a AIEA e os dirigentes deste países. A Era da Mentira é um livro fundamental para perceber o mundo e toda a crise de poder e de valores que atravessa. (in: www.wook.pt)

     

    Editora: Matéria Prima
    Ano: 2011
    Pags: 383
    ISBN: 978-989-8461-07-0
  • A Filha do Papa - de Luis Miguel Rocha

    20190308113752[1]

    Será o antissemitismo a verdadeira razão para o Papa Pio XII não ter sido beatificado?

    Quando Niklas, um jovem padre, é raptado, ninguém imagina que esse acontecimento é apenas o início de uma grande conspiração que tem como objetivo acabar com um dos segredos mais bem guardados do Vaticano - a filha do Papa Pio XII.

    Rafael, um agente da Santa Sé fiel à sua Igreja e à sua fé, tem como missão descobrir quem se esconde por detrás de todos os crimes que se sucedem e evitar a todo o custo que algo aconteça à filha do Papa.

    Conseguirá Rafael ser uma vez mais bem-sucedido? Ou desta vez a Igreja Católica não será poupada? (in: www.wook.pt)

     

    Editora: Porto Editora 
    Ano: 2013
    Pags: 428
    ISBN: 978-972-0-04411-2

  • A Geografia da terra -  de Sue Brooks

    9727669670[1]

    Das grandes cadeias de montanhas às areias dos desertos, sem esquecer a vida selvagem e o clima de cada região, o livro Geografia da Terra revela-nos algumas das características mais emblemáticas do Planeta. Descrições simples, acompanhadas por mapas e ilustrações pormenorizadas desvendam os ciclos de vida natural da Terra. (in: www.wook.pt)

     

    Editora: Impala
    Ano: 2005
    Pags: 64
    ISBN: 972-766-967-0
     

  • A Guerra de Éliane - de Philippe Barbeau

    20190322151854[1]

     

    Editores: Temas e Debates
    Ano: 2001
    Pags: 128
    ISBN: 972-759-363-1
  • A invenção do Cinema Português - de Tiago Batista

    20190219110920[1]

    Mais de cinquenta filmes documentados com dezenas de imagens: cartazes de promoção, fotografias de cena, making-offs, filmogramas. (in: www.wook.pt)

     

    Editora: Tinta da China
    Ano: 2008
    Pags: 231
    ISBN: 978-972-8955-84-7
  • Alice vestida de Branco - de Phyllis Reynold Naylor

    20190329144319[1]

    Alice Mckinley fica noiva e vai casar! Bem, trata-se apenas de uma situação hipotética que faz parte de um trabalho para a escola. Na verdade, os trabalhos que a Alice e os amigos têm de apresentar ao professor acabam por ser divertidos, até que uma das alunas arranja um problema que poderia ter consequências muito graves…O primeiro semestre do 8.º ano está cheio de surpresas, umas boas e outras nem por isso.Alice descobre algo perturbante acerca da vida particular de Miss Summers, e uma das antigas namoradas do irmão faz um anúncio inesperado. Mas há mais: os preparativos do casamento, a Pamela a passaear-se com uma almofada na barriga, fingindo-se grávida, a Elisabeth que vai comprar um carro e, finalmente, a entrada em cena de um novo personagem! (in: www.wook.pt

     

    Editora: Verbo
    Ano: 2007
    Pags: 164
    ISBN: 972-22-2333-X

  • Ameaça nas redes Sociais: e agora Marta? - de Claudia Manata

    20190410144126[1]

    Marta tem 9 anos, mas sente-se muito crescida.
    Tão crescida que acha que está na hora de ter perfis nas redes sociais. Quando a mãe recusa, por ela ainda não ter idade, Marta revolta-se.
    Com a ajuda da amiga Rita, cria uma conta de Facebook.

    Usa uma bonita fotografia sua, na praia, para foto de perfil, e em menos de nada tem imensos likes, comentários e pedidos de amizade de pessoas que não conhece. Entre esses novos amigos virtuais está Bieber13, um rapaz muito fofo com olhos de gato.
    Mas será que Bieber13 é mesmo quem diz ser?
    Poderá Marta confiar nesta pessoa que só conhece da Internet?

    Premika, a andróide futurista que entra em missão sempre que uma criança corre perigo, viaja do futuro até ao nosso tempo para observar Marta. Ela sabe que algo de errado se passa…
    Mas Marta anda tão entusiasmada com as toneladas de likes que recebe, que não liga nenhuma aos bips e beeps de aviso de Premika.
    Será que tu lhe podes dar uma ajuda?
    É que Marta tem muitas decisões para tomar e precisa mesmo de alguém, do lado dela, que a ajude a navegar na Internet em segurança…

    (in: www.wook.pt)

     

    Editora: Teodolito
    Ano: 2017
    Pags: 101
    ISBN:978-989-8580-54-2
  • A minha voz - de Flora Gomes Novidade audiovisual

    20190511152938[1]

    Distrib.: Film-annonce
    Ano: 2002
    Genero: Musical/Comédia
  • A morte da Competencia - Tom Nicols

    20190126182723[1]

    O populismo contemporâneo aumentou o desdém pelos peritos e elites de todo o género, seja na política externa, na cultura, na economia, e até mesmo na ciência e na saúde.

    Enquanto a Internet permitiu que mais pessoas tenham mais acesso a mais informação do que nunca, também lhes deu a ilusão do conhecimento, quando na verdade elas estão afogadas em dados. Daí resulta um manancial inesgotável de rumores, mentiras, análise pouco séria, especulação e propaganda - e a tendência para «procurar informações que apenas confirmam aquilo em que acreditamos». Os ataques ao conhecimento e à cultura levam à convicção irracional de que qualquer um - depois de frequentar os fóruns da Internet - é tão inteligente e tão bem preparado como um perito para discutir seja que assunto for. As pessoas acreditam que ter direitos políticos iguais significa que a opinião do cidadão comum vale tanto como a de um especialista. (in: www.wook.pt)

     

    Editora: Quetzal
    Ano: 2008
    Pags: 314
    ISBN: 978-989-722-451-5
  • Ano novo vida nova - de Phyllis Reynolds Naylor

    20190409123447[1]

    Neste terceiro livro desta colecção encontramos Alice McKinley no seu primeiro dia de aulas. Ela já descobriu, pelo menos, sete coisas no 7º ano que são horrorosas! Cinco dias depois, a Alice começa a achar que o 7º ano, afinal, não é tão mau como isso e que até tem coisas boas… mas isso é só até lhe aparecer pela frente Denise Whitlock! Mas não é tudo. Tem ainda de enfrentar zangas com as amigas Pamela e Elizabeth, e envolve-se nos problemas do Pai e do irmão Lester. Como sempre, a Alice quer ajudar, mas só arranja ainda mais confusões e trapalhadas. Descobre, porém, que também consegue resolver as confusões que arranjou, e que ter uma família que a ama e protege é o melhor que há na vida! (in: www.wook.pt)

     

    Editora: Verbo
    Ano: 2003
    Pags: 191
    Isbn: 972-22-2108-6
  • A Poeira que cai sobre a terra e outras histórias - De Jaime Ramos

    20190311164832[1]

    O cenário de um crime e uma mulher: que é um misto de insatisfação e independência. Ora é uma jovem em roda livre, entregue à noite do Porto, ora uma mãe condecorada com as divisas e medalhas da aristocracia inglesa que se deslumbra com o Douro. Uma mulher arrebatadora que é um romance rock’n’roll, uma estrada de pó, ou uma atleta olímpica cujo corpo não pede explicações. Um corpo sem vida no meio de uma livraria, limpo, entre romances - e Jaime Ramos lia romances, era uma vergonha -, ou uma mulher que espera o regresso do marido que não chega, o beijo de todos os dias, o cheiro do cigarro que lhe proibiu. Cinco histórias reunidas agora em livro pela primeira vez. A todas elas é comum a figura da mulher e todas são guiadas pela voz do inspetor Jaime Ramos, cujo olhar, pela mão de mestre de Francisco José Viegas, paira aqui como uma sombra, uma intromissão na vida interrompida, um vulto vigilante que se confunde com o fumo da cigarrilha ou do charuto. Um Jaime Ramos sozinho que conhece as mulheres e os homens demasiado bem. (in: www.wook.pt)

     

    Editora: Porto Editora
    Ano: 2016
    Pags: 251
    ISBN: 978-972-0-04815-8
  • A Romana - de Alberto Moravia

    20190107145656[1]

    A Romana, publicada numa época em que a Itália do pós-guerra vivia numa situação de extrema penúria, é a descrição pormenorizada da queda anunciada de uma jovem, Adriana, que no entanto conserva dentro de si, através de todas as vicissitudes que a vida a força a enfrentar, uma surpreendente pureza de alma. (in: www.wook.pt)

     

    Editora: Ulisseia
    Ano: 2002
    Pags: 373
    ISBN: 972-568-449-4
  • As fantasticas aventuras de Tag - de Enrique Gato Novidade audiovisual Novidade infantis

    20190503173037[1]

    Tad sempre desejou ser um arqueólogo aventureiro e famoso.
    A oportunidade de cumprir os seus sonhos surge quando o seu amigo, um reputado arqueólogo, recebe um misterioso artefacto, a chave que conduz à cidade Perdida dos Incas e ao seu lendário tesouro.
    Prestes a iniciar a viagem, o arqueólogo sobre um inoportuno acidente e é Tad que o substitúi numa aventura cheia de perigos para salvar a Cidade Perdida e proteger o misterioso tesouro das garras dos seus inimigos.

     

    Distrib: ZON Lusomundo Audiovisuais
    Ano: 2013
    Genero:Aventura/Fantasia
  • Até não perceber - de Fernanda Câncio

    20190209161856[1]

    «Reportagens como as que são reunidas aqui não encaixam decerto na formulação do jornalismo objectivo, imparcial, desapaixonado. São histórias contadas de um ponto de vista - o meu. Escolhi contá-las, investigá-las, vivê-las e filtrá-las. Imprimir-lhes a minha ficção. Contá-las assim, desta forma, e não das trezentas mil e quinhentas outras que existiriam. [...] Não são, necessariamente, "a verdade" sobre as situações que descrevem. O que é que se passou de facto na noite em que Licínio Saraiva morreu depois de um assalto a uma loja de electrodomésticos no Carregado? A sua morte foi um crime ou um acidente? O que é que aconteceu a Beanito, o menino guineense surdo-mudo de dez anos que desapareceu do hospital Egas Moniz e que no mesmo dia foi colhido mortalmente por um comboio a muitos quilómetros de distância? Está bem contada, é justa e fiel, a história de Evaristo, o boxeur cabo-verdiano que veio para Portugal para ser campeão e esgotado o seu mito, depois de não conseguir dinheiro para mais uma dose de heroína, se lançou para baixo de um comboio suburbano? Consegui aproximar-me do retrato da geração dos anos noventa ou pelo menos questionar a ideia de espírito geracional? Soube interrogar o sentimento da solidão? Logrei mostrar a desolação essencial da pobreza? Será que vi o que havia para ver, o que devia ver, em Bagdad e Israel? Consegui olhar para o Museu do Holocausto? Senti o que havia para sentir? Fiz as perguntas certas? Escolhi o melhor caminho?»
    Após a formulação de todas estas questões, Fernanda Câncio conclui: «Perceber que se não percebe, que quanto mais se pensa, se interroga e se investiga e se procura chegar a isso a que damos o nome de verdade ou de essência das coisas (ou das pessoas) mais e melhor se percebe que nunca perceberemos.» (in: www.wook.pt)

     

    Editora: Tinta-da-China
    Ano: 2007
    Pags: 335
    ISBN: 978-972-8955-34-2
  • Aventuras no Pais do Arco Iris - de Osamu Dezaki Novidade audiovisual Novidade infantis

    20190504190100[1]

    Uma vez houve uma menina chamada Íris que com um golpe do destino descobriu um lugar agora conhecido como o País do Arco-Íris.
    Mas esse país vivia na escuridão tornando-se assustador, triste e onde a alegria e a cor não existiam.
    Mas Íris com toda a sua confiança, inteligência e talento, vai conseguir derrotar o mal e a escuridão, e com a ajuda do seu cinto da cor, da esfera da luz, do seu cavalo mágico e dos seus amiguinhos coloridos, vai devolver a cor e a alegria a este mundo divertido.
    Agora todos vão encontrar no País do Arco-Íris um lugar onde os problemas podem ser resolvidos.
    O País do Arco-Íris vai tornar-se no lugar ideal para as crianças brincarem e para os animais se divertirem num clima de grande amizade.

     

    Distrib: Prisvideo
    Ano: 2009
    Genero: Aventura/Fantasia
  • Bailarina - de Eric Summer Novidade audiovisual Novidade infantis

    20180130113246[1]

    Felícia é uma jovem órfã que tem apenas um sonho: dançar.
    Com o seu melhor amigo Victor, que se quer tornar um grande inventor, engendra um plano para fugirem do orfanato para Paris, onde a Torre Eiffel ainda está a ser construída!
    Felícia terá de lutar como nunca para se superar e aprender com os seus erros, de forma a realizar o seu maior sonho: tornar-se a bailarina principal da Ópera de Paris...

     

    Distrib.: NOS Lusomundo Audiovisuais
    Ano: 2017
    Genero: Aventura/Fantasia
  • CHE: o argentino - de Ernesto Che Guevara

    20190222143455[1]

    Ernesto Che Guevara, um dos ícones do século XX, nasceu em Rosario, na Argentina, no dia 14 de Junho de 1928. Ainda jovem estudante de medicina e depois novamente, mais tarde, quando concluiu o curso, percorreu a América Latina. Foram duas viagens que influenciaram decisivamente o seu desenvolvimento e formação, já que lhe permitiram encontrar o sentido da sua vida: a revolução. Viajou até ao México e conheceu Fidel Castro, convertendo-se de imediato num dos expedicionários que embarcariam com destino a Cuba. Os cubanos alcunharam-no carinhosamente de «Che». Nos dois anos em que durou a guerra em Cuba, tornou-se num dos mais proeminentes líderes, ocupando cargos da mais elevada responsabilidade, tanto durante a guerra como depois do triunfo revolucionário.
    Deixou sempre bem claro o desejo categórico de intervir nas lutas independentistas da América Latina ou de qualquer outra região do mundo. Em 1966 encabeçou a luta guerrilheira na Bolívia, onde foi ferido, capturado e assassinado no mês de Outubro de 1967. (in: www.wook.pt)

     

    Editora: Tinta-da-china
    Ano: 2009
    Pags: 350
    ISBN: 978-972-8955-67-0
  • COCO - de Lee Unkrich Novidade audiovisual Novidade infantis

    20190502180005[1]

    Nesta extraordinária e divertida aventura da Disney*Pixar, um jovem aspirante a músico de nome Miguel (o novato Anthony Gonzalez) embarca numa invulgar viagem à terra mágica dos seus antepassados.
    Lá, ele faz um amigo inesperado, o brincalhão Héctor (voz de Gael García Bernal) que o irá ajudar a descobrir os mistérios que existem por trás da história e tradição da sua família.

     

    Distrib.: NOS Lusomundo Audiovisuais
    Ano: 2018
    Genero: Animação/Fantasia
  • Deadpool 2 - de Simon Kinberg Novidade audiovisual

    20190509184725[1]

     

    Distrib.: Pris Audiovisuais
    Ano: 2018
    Genero: Acção/ Aventura
  • Diario de Beatriz - de Maria Dinis Mineiro

    9789722340915[1]

    Maria Dinis Mineiro sempre gostou de escrever. Desde a infância que o bichinho da escrita esteve presente o que se revelou logo nos primeiros anos de vida, já que a sua veia literária fervilhou ainda no 1º ciclo, altura em que escreveu a primeira história de Natal, em Dezembro de 1999. Durante algum tempo, os contos transformaram-se na sua forma preferida de escrita. A par disso, alargou o seu leque de interesses e participou nos jornais escolares. As suas áreas de interesse vão além da escrita e são bastante diversificadas, desde a leitura, outra grande paixão, a música, o desporto, a dança, o teatro, integrando ainda vários grupos de jovens. Neste livro, dirigido sobretudo ao público adolescente feminino, a jovem autora aborda a amizade entre duas amigas. São verdadeiramente inseparáveis e consideram-se melhores amigas mas o problema é que uma se destaca pela beleza e popularidade remetendo a outra para um papel secundário e na sombra. Como irão lidar com o facto de apenas uma ter sucesso? Uma problemática que irá ser ultrapassada ou não falasse a autora com absoluto conhecimento de causa. (in: www.wook.pt)

     

    Editora: Presença
    Ano: 2009
    Pags: 186
    ISBN: 978-972-23-4091-5

  • Dora no Reino das Sereias - de Michael Teitelbaum Novidade infantis

    20190327100847[1]

    A Dora e o Boots estão a apanhar lixo da praia quando encontram uma ostra mágica que lhes conta a história da sereia que perdeu a sua coroa e, com ela, os seus poderes para limpar o oceano. E qual não é o espanto da Dora quando encontra a coroa dessa sereia! Resolve logo devolvê-la à dona e, assim, entrar em mais uma aventura, desta vez ecológica. (in: www.wook.pt)

     

    Editora: ASA
    Ano: 2011
    Pags: 24
    ISBN: 978-989-23-1462-4
  • Dorasalva o Reino de Cristal - Molly Reisner Novidade infantis

    20190327101913[1]

    Um rei egoísta, cansado de partilhar os seus cristais coloridos com o povo, recolheu-os e escondeu-os em quatro lugares inimagináveis. Conseguirão a Dora e o Boots encontrá-los? (in: www.wook.pt)

     

    Editora: ASA II
    Ano: 2012
    Pags: 25
    ISBN: 978-989-23-1976-4
  • Estado Critico - de Robin Cook

    20190123125739[1]

    Angela Dawson, uma médica de 37 anos, parece ter tudo na vida — um fabuloso apartamento em Nova Iorque e uma casa em Nantucket com vista para o mar — e aprecia um estilo de vida próspero. Mas o seu percurso até ao topo foi duro e marcado por uma infância complicada, um casamento falhado e dívidas. Profundamente consciente do papel da economia na área dos cuidados de saúde, Angela tira um MBA e está determinada em apagar as memórias do passado. Tenaz, inteligente e perspicaz, Angela funda a Angels Healthcare. Com participações em três concorridos hospitais de Nova Iorque, o futuro de Angela parece risonho.

    Porém, uma infecção resistente nos três hospitais devasta o mundo cuidadosamente planeado de Angela. Não só as infecções vitimam vários pacientes mas as fatalidades também causam avultados prejuízos a Angela. Para além do mais, Angela tem fortes suspeitas sobre os seus investidores, e a proveniência do dinheiro e a súbita necessidade de fundos torna a situação desesperante. Num ápice, pode perder tudo o que levou anos a construir.

    A Dr.ª Laurie Montgomery e o Dr. Jack Stapleton ficam intrigados com o número de mortos nos três hospitais. Para além da sua curiosidade profissional, está em jogo algo mais pessoal: casaram recentemente e Jack está prestes a ser submetido a uma cirurgia num dos hospitais geridos por Angela. Apesar dos protestos de Jack, Laurie procura respostas e abre uma autêntica caixa de Pandora, pondo em risco a vida do marido. 

    (in: www.wook.pt)

     

    Editora: Europa América
    Ano: 2007
    Pags: 431
    ISBN: 978-972-1-05848-6
  • Estado Novo e Universidade - de Fernando Rosas 

    20190212142157[1]

    A Perseguição aos Professores conta a história de todos aqueles que, por motivos políticos, se viram impedidos de aceder à docência universitária, foram afastados dos seus centros de investigação, impossibilitados de progredir nas carreiras académicas ou compulsivamente exonerados das suas funções como investigadores ou professores das universidades portuguesas durante a Ditadura Militar e o Estado Novo.
    A depuração política do corpo docente universitário ou de quem a ele pretendia aceder, quase sempre fundamentada em informações da polícia política, atingiu um largo espectro de investigadores ou docentes, muitos dos quais representavam, nos seus sectores - na matemática, na medicina, na economia, na física, na agronomia, nas ciências humanas -, o escol do pensamento científico português. A perseguição política desses elementos por parte de um regime que considerava a liberdade de opinião e de expressão, e portanto a liberdade científica, como incompatíveis com a segurança do Estado, acarretaria nefastas e duradouras consequências para o desenvolvimento científico em Portugal.
    Muitos dos investigadores e docentes perseguidos pelas suas convicções políticas viram-se forçados ao exílio em vários países da Europa e da América Latina, ou nos EUA, onde livremente puderam exercer o seu múnus científico. E aí semearam a marca indelével do seu saber, deixando aos países que os acolheram aquilo que foram impedidos de oferecer ao seu.
    Não parece possível abordar o problema da depuração política das universidades sem se compreenderem as relações do Estado Novo com o saber científico e académico e, portanto, com as universidades, depositárias tradicionais desse conhecimento e órgãos por excelência da sua reprodução. Tenhamos presente que no projecto político, ideológico e cultural da «política do espírito», delineado no rescaldo do plebiscito constitucional de 1933 com a criação do Secretariado de Propaganda Nacional (SPN), virá a ser atribuído um papel claramente periférico e subalterno ao saber académico, à cultura científica e às universidades de uma forma geral. (in: www.wook.pt)

     

    Editora: Tinta da China
    Ano: 2013
    Pags: 143
    ISBN: 978-989-671-173-3

  • Foi você que pediu uma história da Publicidade? - de Luis Trindade

    20190409112428[1]

    Um álbum com 170 imagens dos anúncios mais emblemáticos que circularam em Portugal no século XX.

    «É impossível ter uma ideia de quantos anúncios foram feitos na história da publicidade. Podemos até experimentar alguns critérios de selecção: circunscrever a análise no tempo (reduzindo-a ao século XX), no espaço (limitando-a a Portugal) e no suporte (não indo além das publicações periódicas). O material disponível permanece infindável. Vivemos rodeados de anúncios, mas a sua omnipresença é tal que deixámos de reparar neles. Este livro procura chamar a atenção para alguns desses anúncios e arrumá-los numa narrativa, que é a do século XX, num contexto, que é o da sociedade portuguesa, e num género, que é o da publicidade jornalística. ‘Chamar a atenção’ quer dizer convidar o leitor a olhá-los de novo, a relacioná-los com outros anúncios, com as suas memórias pessoais e com a memória histórica da sua sociedade.
    A publicidade pode assim dar-nos uma perspectiva privilegiada sobre a evolução do gosto e dos valores, o jogo inconstante do que muda e do que permanece, as relações entre a identidade nacional e as imagens do estrangeiro. O que a torna tão interessante é precisamente essa sua capacidade de misturar aquilo que costuma andar separado. Aqui, é possível reunir nas mesmas páginas margarinas e automóveis, homens poderosos e donas de casa, o tradicional e conservador ao lado do arrojado e sofisticado. Em princípio, não há limites para o estudo da publicidade. Esta leitura procura acompanhar os modos como os próprios anúncios invadiram o quotidiano e entraram em todos os espaços e momentos da existência humana. «Foi Você Que Pdeiu Uma História da Publicidade?» é, assim, o resultado de escolhas difíceis. Muitos anúncios ficaram por mostrar e temas por tratar. O que fica, espera-se, conta ainda coisas que normalmente não podemos ler em livros de história. Sobre o século passado, sobre Portugal, mas também, e fundamentalmente, sobre cada um de nós.»
    Luís Trindade  (in: www.wook.pt)

     

    Editora: Tinta-da-China
    Ano: 2008
    Pags: 245
    ISBN: 978-972-8965-77-9

  • Gombby está doente - de Pedro Matias Maris Novidade infantis

    20190327154609[1]

    O Gombby adoece e, por isso, recebe a visita e o carinho dos seus amigos. O Simão quer jogar às damas, mas como estão todos a dar atenção ao Gombby ele não tem com quem brincar. Então, decide fingir-se doente para também receber atenção. Até onde o levará esta sua atitude?

    (in: www.wook.pt)

     

    Editora: Texto
    Ano: 2011
    Pags: 26
    ISBN: 978-972-47-4303-5
  • Ideias Perigosas para Portugal - de João Gustavo Cardoso 

    20190403113747[1]

    «Reportagens como as que são reunidas aqui não encaixam decerto na formulação do jornalismo objectivo, imparcial, desapaixonado. São histórias contadas de um ponto de vista - o meu. Escolhi contá-las, investigá-las, vivê-las e filtrá-las. Imprimir-lhes a minha ficção. Contá-las assim, desta forma, e não das trezentas mil e quinhentas outras que existiriam. [...] Não são, necessariamente, "a verdade" sobre as situações que descrevem. O que é que se passou de facto na noite em que Licínio Saraiva morreu depois de um assalto a uma loja de electrodomésticos no Carregado? A sua morte foi um crime ou um acidente? O que é que aconteceu a Beanito, o menino guineense surdo-mudo de dez anos que desapareceu do hospital Egas Moniz e que no mesmo dia foi colhido mortalmente por um comboio a muitos quilómetros de distância? Está bem contada, é justa e fiel, a história de Evaristo, o boxeur cabo-verdiano que veio para Portugal para ser campeão e esgotado o seu mito, depois de não conseguir dinheiro para mais uma dose de heroína, se lançou para baixo de um comboio suburbano? Consegui aproximar-me do retrato da geração dos anos noventa ou pelo menos questionar a ideia de espírito geracional? Soube interrogar o sentimento da solidão? Logrei mostrar a desolação essencial da pobreza? Será que vi o que havia para ver, o que devia ver, em Bagdad e Israel? Consegui olhar para o Museu do Holocausto? Senti o que havia para sentir? Fiz as perguntas certas? Escolhi o melhor caminho?»
    Após a formulação de todas estas questões, Fernanda Câncio conclui: «Perceber que se não percebe, que quanto mais se pensa, se interroga e se investiga e se procura chegar a isso a que damos o nome de verdade ou de essência das coisas (ou das pessoas) mais e melhor se percebe que nunca perceberemos.» (in: www.wook.pt)

     

    Editora: Tinta-da-Cina
    Ano: 2010
    Pags; 302
    ISBN: 978-989-671-048-4
  • Little People - de Telescreen B.V. Novidade audiovisual

    20190504174856[1]

    Inclui 15 episódios:
    I. Grandes descobertas:
    1. Miguel e a plantação de milho.
    2. A Sara apanha uma grande boleia.
    3. A visita da Sónia ao Jardim Zoológico.
    4. Os amigos da Margarida vão às boxes.
    5. O Eduardo salva o circo.
    II. À descoberta do Natal:
    6. Miguel e os ursos.
    7. Sónia faz novos amigos.
    8. A surpresa de Natal do Eduardo.
    9. A Sara salva o Natal.
    10. O talento musical da Margarida.
    III. À descoberta dos animais:
    11. Identidades trocadas.
    12. Aniversário no Jardim Zoológico.
    13. Saltar mais que uma rã.
    14. Sara no circo.
    15. A noite mágica do Miguel.

    Junte-se às personagens de Little People, Sara, Eduardo, Sónia, Miguel e Margarida e às suas histórias maravilhosas.
    As figuras em plasticina dão vida a adoráveis personagens e farão as suas crianças passar momentos inesquecíveis! Acompanhe os mini heróis e heroínas em 15 divertidas e didáticas aventuras.

     

    Distrib: Play Entertainment
    Ano: 2005
    Genero: Fantasia/Videos educativos
     
  • Mike o Cavaleiro - de Sean V. Jeffrey

    20190507161543[1]

    Mike é um aprendiz de cavaleiro que tem várias missões a cumprir. Em todas as suas aventuras Mike conta com a ajuda do seu grupo de amigos - Faísca e Esguicho, dois brincalhões dragões, e Galahad, o seu leal cavalo.
    A pequena irmã de Mike, Eva, uma aprendiza de feiticeira, lança um feitiço sobre a espada de Mike o que lhe causa vários embaraços nas suas missões de cavaleiro.
    Deixa-te transportar até ao maravilhosos e excitante mundo da época medieval onde a diversão é sempre garantida!

     

    Distrib.: ZON Lusomundo Audiovisuais
    Ano: 2012
    Genero:Aventura/Fantasia
  • MOMO - de Michael Ende

    9722317148[1]

    Quarenta anos após a sua publicação, a magia de Momo continua intacta. É a história de Momo, a menina de origens misteriosas que vive numas ruínas nos arredores de uma grande cidade. Não tem nada de seu, mas tem uma qualidade muito rara - sabe ouvir e trazer poesia e afeto às vidas daqueles que a rodeiam. Um dia, chega à cidade o exército dos senhores cinzentos, com a intenção de roubar o tempo às pessoas. A vida torna-se estéril e sem alegria, e só Momo pode salvar a população da cidade e devolver-lhe o tempo roubado. Para isso conta apenas com a ajuda de Mestre Hora e de Cassiopeia, a tartaruga que comunica escrevendo mensagens na carapaça... (in: www.wook.pt)

     

    Editora: Presença
    Ano: 1994
    Pags: 210
    ISBN: 972-23-1714-8

  • Não é facil dizer bem - de João Pedro Jorge

    9728955057[1]

    O que têm em comum António Lobo Antunes, José Eduardo Agualusa, Miguel Sousa Tavares, Manuel Alegre, António Mega Ferreira, Maria Filomena Mónica e José Rodrigues dos Santos? Os textos inesperados do crítico buldozer, como se tornou conhecido João Pedro George, desvendam estes e outros segredos do meio intelectual português. Para além da crítica obsessiva, em que o autor escreve o que muitos pensam mas não têm coragem para dizer, João Pedro George apresenta-nos outras obsessões e ficções que o revelam enquanto figura literária. Um novo escritor que promete tornar-se uma referência na cultura portuguesa. (in: www.wook.pt)

     

    Editora: Tinta da China
    Ano: 2006
    Pags: 255
    ISBN: 972-8955-05-7
  • New York in Words and Music Novidade audiovisual

    20190509184205[1]

    Contém:
    1. My kind of town / Frankie Randall.
    2. New York City blues / Peggy Lee.
    3. The Brooklyn Bridge / Frank Sinatra.
    4. Uptown blues / George Williams and his orchestra.
    5. Autumn in New York / Billie Holiday.
    6. There's a boat dat's leavin' soon for New York / Louis Armstrong.
    7. Penthouse serenade / Nat King Cole.
    8. Sidewalks of New York / Duke Ellington and his orchestra.
    9. Manhattan / Lee Wiley.
    10. Sax Fifth Avenue / Plas Johnson.
    11. Big City / Ernie Andrews.
    12. Penthouse serenade / David Allen.
    13. Lullaby of birdland / Mel Tormé.
    14. 7th Avenue Express / Nat Pierce and his orchestra.
    15. Take the "A" train / Morgana King.
    16. Harlem nocturne / Illinois Jacquet.
    17. Stompin' at the Savoy / Maxine Sullivan.
    18. Forty-Second Street / The Boswell Sisters.
    19. Broadway / Count Basie and his orchestra.
    20. Lullaby of Broadway / Doris Day.
    21. Autumn in New York / Frank Sinatra.
    22. Rhapsody in blue / Neal Hefti and his orchestra.
    23. I happen to like New York / Ralph Burns and his orchestra and chorus.
    24. New York, New York / Frank Sinatra, Jules Munshin and Gene Kelly.

    New York is a city of cities, a melting pot of nations, a hotgepodge of creeds, accents, tongues, colors, and customs. It is a city of crazy dimensions. There is the low-slung, ramshackle Swing Alley and Strip Lane jammed against the towering seventy-story sweep of glass and concrete that proudly crowns the Rockefeller Center, to name but a few of the contrasts in New York City.
    New York is a welter of clashes, both cultural and social. There is the sixteen-mile Broadway, the longest street in the world, a fantastic paradox of elegant shops and blaring honky-tonks, where one hundred-and-fifty dollar alligator bags are sold a few blocks from a flea circus, where glittering stars are seen at theatre time at the Hayden Planetarium on Central Park West. This CD is a celebration of all that New York has to offer.

     

    Distrib.: Blue Moon
    Ano: 2002
    Genero: Blues/Jazz
  • O Artista da Morte - de Daniel Silva 

    20190409112428[1]

    Gabriel Allon foi em tempos um importante agente dos serviços secretos israelitas, mas agora só pensa em fugir do seu passado para viver uma vida tranquila como restaurador de arte. No entanto, o seu antigo mentor fá-lo regressar ao ativo para neutralizar Tariq, o terrorista palestiniano responsável pelo atentado que destruiu a família de Gabriel anos antes em Viena.
    Mas Gabriel não está sozinho: a sua parceira na missão é Jacqueline Delacroix, uma agente israelita oculta sob a sua própria máscara de modelo e com quem já trabalhara anos antes. É então forçado a lidar com os seus fantasmas e, sobretudo, com a culpa que o atormenta desde que quebrou todas as regras e se envolveu com Jacqueline no decorrer de uma missão.
    Aquilo que começa como uma caça ao homem torna-se um duelo que atravessa o globo e é alimentado pela intriga política e por intensas paixões pessoais.
    Num mundo onde o sigilo e a duplicidade são absolutas, a vingança é um luxo sem preço e a maior das obras de arte. (in: www.wook.pt)

     

    Editora: Bertrand
    Ano: 2012
    Pags: 503
    ISBN: 978-972-25-2160-5
  • Os escritores(também) têm coisas a dizer - de Carlos Vaz Marques

    20190509141004[1]

    Plano Nacional de Leitura
    Livro recomendado para o Ensino Secundário como sugestão de leitura.

    Ao longo de mais de uma década, Carlos Vaz Marques entrevistou dezenas de autores. Profundamente conhecedor do seu trabalho e do seu percurso, nestas doze entrevistas a escritores portugueses o jornalista traz a público ideias, idiossincrasias, preocupações e traços de personalidade.

    Agustina Bessa-Luís: «Os grandes pensadores e os grandes escritores são os grandes desorganizadores sociais.»

    José Saramago: «Vai ser preciso que eu morra para haver outro Nobel português.»

    António Lobo Antunes: «Escrevo pela mesma razão que a pereira dá peras.»

    Antonio Tabucchi: «A escrita é um bicho-do-mato, não é um bicho doméstico.»

    Mário de Carvalho: «Grande parte da grande literatura passa pela ironia, pela distância e pelo humor.»

    Eduardo Lourenço: «Estou em dívida para com a humanidade inteira.»

    Mia Couto: «Não quero que a escrita tome conta de mim. Ficava louco.»

    Gonçalo M. Tavares: «O livro é o objecto de culto da lentidão.»

    Hélia Correia: «Estive quase a ser normal, imagine.»

    Valter Hugo Mãe: «Às vezes penso para mim próprio: sim, eu estou a tentar salvar o mundo.»

    Dulce Maria Cardoso: «Tudo o que não vivi, li.»

    Manuel António Pina: «Do que estamos precisados não é de bons poetas, é de boas pessoas.» 

    (in: www.wook.pt)

     

    Editora: Tinta-da-China
    Ano: 2013
    Pags: 406
    ISBN: 978-989-671-988-7

     

  • Osso a osso - de Carol O'Connell

    20190404110536[1]

    Na cidade de Coventry, no norte da Califórnia, dois irmãos adolescentes vão passear num bosque, mas só um regressa. Ninguém sabe o que aconteceu a Josh, um rapaz de quinze anos incrivelmente dotado para a fotografia, até que, vinte anos mais tarde, o irmão mais velho, Oren, agora um ex-investigador criminal do Exército, regressa a Coventry pela primeira vez em muitos anos. Na madrugada do seu regresso, ouve um barulho no alpendre. Caído à porta de casa está o osso de um maxilar humano, com os dentes ainda intactos. E o pai diz-lhe que já não é o primeiro. Já ali apareceram outros ossos. Josh está finalmente a voltar a casa... osso a osso. Valendo-se de todos os seus conhecimentos como investigador, Oren decide resolver o mistério do homicídio do irmão, mas Coventry é uma cidade cheia de segredos. Entre os que têm segredos a esconder está a governanta, com um passado que ninguém conhece; o misterioso ex-polícia de Los Angeles; a mulher a quem chamam o monstro da cidade e, não menos importante, o próprio Oren. Mas o maior segredo é o do seu irmão, que nas suas fotos captara muito do que os habitantes de Coventry ciosamente escondiam, e só ao desvendá-lo Oren descobre a verdade que os assombrou a todos durante vinte anos. (in: www.wook.pt)

     

    Editora: Dom Quixote
    Ano: 2010
    Pags: 382
    ISBN: 978-972-20-4016-7
  • Pinnocchio - de Walt Disney

    20120630145837[1]

    A lendária obra prima que inspirou milhões a acreditar nos seus sonhos, está de volta com uma majestosa restauração digital.
    Agora vais poder assistir à animação, rica em detalhes, à inesquecível música vencedora de Óscar ("When you wish upon a star") e à terna e divertida história, como nunca antes o fizeste.
    Junta-te ao adorado fantoche do Gepeto - com o Grilo Falante como seu guia - numa emocionante aventura que irá testar a bravura, lealdade e honestidade de Pinóquio, virtudes que ele terá de aprender para se tornar um menino de verdade.
    O inesquecível Pinóquio vai, com certeza, viver para sempre no coração de todos aqueles que já pediram desejos à estrelas.

     

    Distrib.: Zon Lusomundo Audiovisuais
    Ano: 2010
    Genero: Fantasia/Musical
  • Quantum of Solace - de Marc Forster Novidade audiovisual

    20130417152027[1]

    Numa incansável busca pela justiça que atravessa o globo, Bond conhece a bela mas arrojada Camille (Olga Kurylenko), que o leva até Dominic Greene (Mathieu Amalric), um rude homem de negócios com uma posição de poder dentro da misteriosa organisação Quantum of Solace.
    Quando Bond desvenda uma conspiração para controlar um dos recursos naturais mais importantes do mundo, ele tem de percorrer um percurso minado de traição, deceção e morte para neutralizar a Quantum antes que seja tarde de mais!

     

    Distrib: CLMC - Multimédia
    Ano: 2009
    Genero: Espionagem/Ação
  • Refeições, marcas e calorias - de Isabel do Carmo

    20190325160957[1]

    Como podemos escolher o melhor para nós entre todos os alimentos disponíveis no mercado? Como podemos saber quais são as características nutricionais de cada um deles? Como podemos transformar em indicações úteis a quantidade de informação que aparece em letras pequeninas - ou que apenas está implícita, porque nem aparece?

    Em suma: como ler um rótulo e como saber o que lá não está?

    Neste livro são analisados os alimentos que compõem as nossas refeições, do princípio ao fim de cada dia. Para os vários tipos de pão, tostas, iogurtes, queijos, carnes e peixes, acompanhamentos, bebidas, etc., é apresentada, depois de ter sido estudada, a informação nutricional de que precisamos para ficarmos a saber se comemos o que queremos comer - ou o que devemos escolher quando afinal não comemos aquilo que pensávamos estar a comer.

    Para cada uma das refeições que fazem parte do dia-a-dia, os alimentos normalmente consumidos surgem integrados em tabelas, fáceis de consultar, que o vão ajudar a decidir quais são as marcas e os produtos melhores para si. A anotação dos preços fica a cargo de cada leitor, o que é um bom exercício para sabermos o que custa o quê, nos tempos que vão correndo.

    Inclui ementas de diversos especialistas que o ajudam a fazer uma alimentação equilibrada. (in: www.wook.pt)

     

    Editora: Livros d'hoje
    Ano: 2007
    Pags: 235
    ISBN: 978-972-20-3264-3

Município de Palmela © 2015 | Todos os direitos reservados