Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Dia Mundial do Teatro em Palmela: Estreias e formação marcam programa comemorativo

Dia do teatro promo 1 1024 2500
26 Fevereiro 2018

São vários os espetáculos em estreia no programa que, ao longo de todo o mês de março, irá assinalar o Dia Mundial do Teatro no concelho de Palmela. Promovido pela Câmara Municipal e pelos Grupos de Teatro de Amadores do concelho, o programa assenta, em grande medida, no trabalho desenvolvido pelas várias companhias que, um pouco por todo o território, dinamizam atividade teatral e mantêm esta forma de arte bem viva, atual e acessível aos mais diversos públicos.

Também o Teatro O Bando, sediado no Vale dos Barris, em Palmela, e parceiro do Município para o desenvolvimento cultural, tem presença marcada nas comemorações, com o regresso do “Senhor Imaginário”.
Destaque, ainda, para a formação, com um workshop de uma semana com o ator e encenador Nuno Gil sobre o Método Suzuki e View Points, com inscrições a decorrer.

As comemorações terminam, este ano, com a Queima do Judas, um ritual tradicional que, anualmente, reúne os grupos de teatro e o movimento associativo numa grande celebração do início da primavera.

Programa (PDF):

2 de março | 21h30 | Auditório Municipal Pinhal Novo
Talk Show Caramelo 2:15 – Especial Teatro
Entrada Gratuita
Apoio: Câmara Municipal de Palmela
Organização: Associação Juvenil Odisseia

2 de março | 21h30 | Centro Comunitário Águas de Moura
11 de março | 16h00 | Auditório Municipal Pinhal Novo
Venda de Garagem
Pelo TELA
Stephanie, uma mulher como tantas outras, escrita por Arnold Wesker que alguns dizem ser o autor que melhor escreveu sobre a natureza feminina.
Esta mulher “viva, alerta, interessada, cheia de curiosidade” vê, num golpe inesperado, toda a sua vida desmoronar-se. Abandonada pelo marido vamos acompanhá-la na dor, no desespero, nas tentativas para se reerguer.
É fácil descartarmo-nos das coisas. Fartamo-nos e trocamos por outras. Mas, e quando isso acontece com alguém?... Não dá para arrancar o coração e trocá-lo por outro. Esse coração despedaçado terá de encontrar forças para seguir um novo rumo. A caminhada não será fácil, mas sempre valerá a pena, pois a vida, por si só, vale a pena.
Conseguirá Stephanie encontrar o seu novo rumo?
Texto: Arnold Wesker
Encenação: Marco Bilimória
Interpretação: Clara Ferreira
Classificação etária: M/12
Org.: TELA - Teatro Estranhamente Louco e Absurdo
Apoio: Câmara Municipal de Palmela

4 de março | 17h00 | Auditório Municipal Pinhal Novo
Purgatório
Pelo Teatro Sem Dono
No mundo de pecadores em que vivemos. Na terra onde todos brincamos e sorrimos. Surge um grupo de Saltimbancos Sem Dono, vindos do fim do mundo, prontos para contar os pecados, dos quais miúdos e graúdos não vão escapar. Numa terra onde todos se comem, pelo prazer, pela força de o ter, será que teremos amanhecer? Pecadores, jograis, humanos, formas do ser, num Purgatório rico em chacota, alucinações e juízos finais.
Classificação etária: M/12
Org: Teatro Sem Dono
Apoio: Câmara Municipal de Palmela

9 de março | 21h30 | Auditório Municipal Pinhal Novo
As Mulheres cá de Casa (estreia)
Pelo Teatro Sem Dono e Associação Juvenil Odisseia
As Mulheres cá de Casa é uma comédia portuguesa, onde o patrão, Sr. Giovanni Mello, não manda nada e as empregadas fazem o que querem.
É uma casa recheada de ricas decorações e onde o amor está no ar.
Se acha que ser patrão é fácil, venha conhecer as mulheres cá de casa.
Elenco: Daniel Fulgêncio;Gabriel Martinho; Gonçalo Jorge; Hugo Silva; João Espalha; João Estróia; Nelson Fernandes; Tiago Jorge.
Classificação etária: M/ 16
Org: Teatro Sem Dono e Associação Juvenil Odisseia

12 a 16 março| 19h00 às 22h00 | Cine-Teatro S. João - Palmela
Workshop Método Suzuki e View Points
Com Nuno Gil
Este workshop tem como objetivos o desenvolvimento das potencialidades corporais expressivas do ator, onde serão abordadas as respetivas formas de pensar o corpo do homem: Método Suzuki e View Points. Estas metodologias têm como base a conhecimento profundo dos meios de expressão do corpo humano, através da construção de uma concentração profunda do ator em relação ao seu centro de gravidade. Este Workshop é dirigido por Nuno Gil, ator e encenador. Estudou teatro, dança e performance na Europa e EUA. Foi bolseiro da Fundação Gulbenkian para acompanhar o trabalho artístico de Anne Bogart na Siti Company, e investigar sobre o Método Suzuki e View Points. Veterano no Suzuki Method Actors Training (2002/3/4) realizado em Toga Mura, Japão, sob a orientação de Tadashi Suzuki. Lecionou workshops de Teatro Físico em Portugal, Espanha, EUA e Brasil.
Inscrições até ao dia 1 de março. Valor:
75€ (seguro incluído) Participantes em geral
70€ (seguro incluído) Participantes do concelho de Palmela*
*com comprovativo de residência
Pagamento de 50% no ato de inscrição
+ INFO / INSCRIÇÕES - piacrl@gmail.com | 936476878
Organização: PIA - Projectos de Intervenção Artística
Apoio: Câmara Municipal de Palmela

17 de março | 11h00 | Auditório Municipal Pinhal Novo
Ângela – A Bruxinha boa
Pelo ATA – Acção Teatral Artimanha
Num reino de bruxas más, havia uma incapaz de fazer maldades e só estava ali porque gostava de andar de vassoura pela floresta.
Autor: Maria Clara Machado
Direção : Rui Guerreiro
Música de Paulo Duarte
Som e Luz: João Costa
Elenco: Atabrinca (Camila, Catarina, Iris, Lara, Maria, Mariana, Martin, Melissa, Sara e Vitória).
Org: ATA – Acção Teatral Artimanha
Apoio. Câmara Municipal de Palmela

17 de março | 18h00 |Auditório Municipal Pinhal Novo
Às Escuras (estreia)
Pelo ATA – Acção Teatral Artimanha
Às escuras baseia-se na história verdadeira de um rapaz de quinze anos, de Glasgow, acusado de tentativa de homicídio. Na cadeia, tenta recordar o percurso que o levou até ali.
Autor: Davey Anderson
Direção: Rui Guerreiro
Som e Luz: João Marques
Elementos Cenográficos: Célia Machado
Elenco: Caramelas Voadoras
Classificação etária: M/12
Org: ATA – Acção Teatral Artimanha
Apoio. Câmara Municipal de Palmela

18 de março | 17h00 | Auditório Municipal Pinhal Novo
Pela Associação Teatro da Vila
Os Gatos
Um lindo Gato anda à procura do amor e tenta encontrá-lo com a Lua, a Nuvem, a Brisa ou até uma Parede, mas o amor verdadeiro chega finalmente através de uma gatinha “dengosa”
A Missão de Alice
Alice é uma estudante que tem um trabalho escolar sobre o meio ambiente. Uma tarde, enquanto faz a pesquisa, adormece e sonha com uma situação em que Ambiente, Ecologia, Preservação, Reciclagem, Lixo, Consumismo, Poluição se reúnem para discutirem situações urgentes.
Classificação etária: M/6
Org: Associação Teatro da Vila
Apoio: Câmara Municipal de Palmela

24, 25, 26 e 27 março | 21h30 | Auditório Municipal Pinhal Novo
Ipakancure (estreia)
Pelo Grupo Teatro Ensaiarte
Dois Homens encontram-se num mesmo quarto, partilham a mesma cama, o mesmo pijama, a mesma escova de dentes, a toalha.
Vendem pequenas utilidades. Compram pequenas inutilidades.
Um velho doente, silencioso, consciente, honesto e misterioso.
Um jovem irreverente, falador, inexperiente, sensível e meigo.
Cresce entre ambos, paulatinamente e por entre amuos e ralhos, uma amizade única, insubstituível e volumosa; um amor verdadeiro entre o frio e a insuficiência, os citrinos e os concertos de rádio.
Ipakancure não se pode materializar, busca-se e sente-se.

Texto de Jose Cesar Herrera
Tradução: Dário Luís
Dramaturgia e Encenação:Célia Figueira

Pedro Sottomayor: Homem 1
Miguel Reis: Homem 2
Cenografia: Projeto coletivo
Desenho de Luz: Hugo Silva
Operadora de Som: Ana Teresa Ruas
Operador de Luz: Hugo Silva
Guarda Roupa: Irene Varela
Composição gráfica: Miguel Costa
Classificação etária: M/12
Org: Grupo Teatro Ensaiarte
Apoio: Câmara Municipal de Palmela

25 março | 17h00 | Mercado Municipal Pinhal Novo
ÁSSAROS
upo de Teatro dos arris, oio eatro bando
ÁSSAROS é um espetáculo de teatro resultante de uma ação coletiva em torno de uma comunidade que acredita conseguir transcender-se para lá da sua condição. Cada elemento destaca-se pela sua individualidade mas sobretudo pelo potencial da sua capacidade específica. ÁSSAROS é baseado no imaginário de vários contos populares tradicionais, encarando os arquétipos como atitudes metodológicas de cada ser individual como fundamento de um comportamento coletivo. O mito do sonho. O mito da transcendência. O mito da comunidade.

ação coletiva com: na Maria, na Penas, mo Franco, ina Sampaio, gar Costa, ipe Freire, l Sidaway, lherme Noronha, nuela Sampaio, ra Baptista;
Duração aprox. 60 minutos.
Org: upo de Teatro dos arris
poio unicípio almela
(obs.: texto do grupo, intencionalmente com gralhas)

27 março| 21h30 | Cine-teatro S. João - Palmela
Senhor Imaginário
Pelo Teatro O Bando
Toda a loja se punha a fermentar de abortos, de aleijões, de criaturas disformes como Deus as teria feito se estivesse bêbedo quando fez os seus modelos. [...] Pode dizer-se que a arte do Imaginário o cobria todo. Interposta entre ele e a nação, era através dessa arte que se realizava em harmonia a religião, a política, o riso, a ternura, os sonhos privados e os sonhos coletivos. Partindo da criação “Auto da Purificação”, estreada em 2012, este monólogo pretende reinventar o universo dos contos de Vergílio Ferreira através da personagem Jeremias, apresentada pelo ator Guilherme Noronha.

Monólogo baseado em contos de Vergílio Ferreira
Encenação: Sara de Castro e João Brites
Cenografia: João Brites
Oralidade: Teresa Lima
Figurinos: Clara Bento
Desenho de luz: João Cáceres Alves e David Palma
Desenho de som: Sérgio Milhano
Com Guilherme Noronha
Criação: Teatro O Bando
Português | 45 minutos sem intervalo
Classificação etária: M/6
Entrada gratuita mediante levantamento de bilhete (lotação limitada a 80 pessoas)
Org: Câmara Municipal de Palmela

31 março | 21h30 | Centro Histórico Palmela
Queima do Judas
Org: Câmara Municipal de Palmela com Associações do Concelho

Município de Palmela © 2015 | Todos os direitos reservados